Logo da CBIC

Agência CBIC

26/04/2021

Cortes no Orçamento de 2021 podem paralisar obras e gerar desemprego, alerta CBIC

O setor da construção está perplexo com os vetos do Executivo ao Orçamento de 2021 pela falta de sensibilidade com a realidade nacional. A expectativa é de que o Congresso Nacional possa reverter a situação do faixa 1 do Casa Verde e Amarela, com recursos exclusivos do Orçamento, que foi praticamente zerada. “Previa aproximadamente R$ 1,5 bilhão, sobraram R$ 29 milhões”, destaca o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins.

São obras em andamento, que empregam em torno de 250 mil trabalhadores diretos e outros 600 mil indiretos. Essas obras foram contratadas há bastante tempo, ou então são obras que foram paralisadas no passado justamente por falta de pagamentos, e agora retomadas.

São contratos a preço fixo, por isso já estão sofrendo muito com o aumento nos custos dos insumos. “Essa notícia de não pagamento será fatal para as construtoras”, ressalta Martins.

Pelos vetos também houve corte na distribuição de água e outras áreas do saneamento. Enfim, houve um evidente rompimento de contratos.

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Junho/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

23Jun14:0017:00Reunião da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade - COMAT/ CBIC14:00 - 17:00 Virtual

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-CE
Sinduscon-DF
Ademi – ES
Sinduscon-ES
Sinduscon-Porto Velho
Sinduscon-GO
Sinduscon Chapecó
Sinduscon-PE
Sinduscon-SM
Sinduscon-Norte/PR
Ademi – RJ
Sinduscon-PB
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X