Logo da CBIC

Agência CBIC

28/06/2012

Construção Sustentável é defendida durante Enic

O Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) não trouxe apenas oportunidade de crescimento para o setor da Construção Civil ou de acesso à moradia para o brasileiro. Com ele veio também um desafio: como construir mais sem agredir tanto o meio ambiente?

Essa foi a principal questão discutida na Comissão de Meio Ambiente (CMA) da CBIC, na tarde desta quinta-feira (28), durante o 84º Enic.

Os debatedores defenderam ações emergenciais que busquem soluções construtivas mais sustentáveis do que os tradicionalmente utilizados e que possam ser aplicados em moradias de interesse social.

Na reunião, foram defendidas soluções confiáveis quanto à concepção das habitações e o uso racional das moradias.

Para o professor do departamento de construção civil da Universidade de São Paulo, Vanderley John, a construção sustentável precisa ser economicamente viável, socialmente justa e ecologicamente admissível.

Segundo ele, é preciso entender que as inovações precisam ser concebidas, levando-se em conta a sua utilização e manutenção pelas pessoas que vão utilizá-las. “Não dá para inventar algo cuja manutenção seja onerosa e complexa”, afirmou. O professor do departamento de Engenharia Civil da Universidade de Santa Catarina, Roberto Lamberts, que também participou da plenária, como palestrante, defendeu a modernização das técnicas construtivas e a educação da sociedade quanto à importância da preservação dos recursos naturais.

Para ele, a construção civil perde em eficiência, pois a maior parte do processo ainda é artesanal, o que exige uma mão de obra mais especializada e cada vez mais escassa. Ele afirmou que muitas empresas erram quando constroem habitações sem ouvir a opinião dos potenciais moradores.

“Hoje as pessoas estão mais preocupadas com a preservação do meio ambiente. E a maioria quer construções que levem à economia dos recursos naturais e aproveitamento do que a natureza oferece gratuitamente”, disse.

O auditório da plenária esteve lotado, o que demonstra o aumento do interesse dos empresários da construção civil sobre o tema.

Matéria: Ciro Nolasco – Sinduscon-MA/Enic

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon – Vale do Piranga
Sinduscon-PR
Sinduscon-AP
Sinduscon-CE
ADEMI-AM
Sinduscon-Caxias
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
Ademi – PR
Sinduscon-RN
SECOVI- PB
Ademi – DF
Sinduscon PR – Noroete
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X