Logo da CBIC

Agência CBIC

13/03/2019

Construção defende Reforma da Previdência e segurança jurídica para gerar empregos

Representante de 88 sindicatos e associações de todo o Brasil, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) declarou ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, nesta quarta-feira (13), em Brasília, apoio do setor à votação da Reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional. A delegação, composta por dirigentes e empresários, também apresentou um conjunto de propostas para o Brasil destravar o investimento e gerar 1 milhão de empregos imediatamente, somente na construção civil.

Segundo o presidente da CBIC, José Carlos Martins, a construção civil precisa de segurança jurídica, essencial para retomada da criação de postos de trabalho, que, no setor, passaram de 3,4 milhões, em 2014, para pouco mais de 2 milhões, hoje. “O Congresso Nacional que vai decidir o que é melhor para o país em termos de Reforma da Previdência, mas é importante que seja feita uma nova reforma, que se saneie as contas públicas para haver previsibilidade no investimento privado no país”, resumiu.

“Não estamos aqui de pires na mão”, acrescentou Martins. “Estamos dizendo que existe, sim dinheiro para investimento, mas é preciso ter regras para se criar essa previsibilidade e as empresas possam avaliar o risco e apostar na geração de empregos”, declarou o presidente da CBIC.

Avaliação dos 10 anos do Minha Casa, Minha Vida

 

A CBIC ainda propôs ao presidente Rodrigo Maia que a Câmara Federal realize um debate sobre os 10 anos do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ e o que se quer para o futuro dele. O tema tem interface com o projeto “Continuidade e Melhoria dos Programas Habitacionais” da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da CBIC, com correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

“Nós entendemos que um dos programas mais exitosos que já existiu no Brasil, pela forma como ele foi feito, e que alcançou 7 milhões de moradias e algo em torno de 30 milhões de brasileiros que alcançaram a casa própria. Mas nós temos que ir além e discutir outras formas de entregar moradias às famílias brasileiras”, defendeu Martins.

Também participaram da audiência o vice-presidente financeiro da CBIC, Élson Ribeiro e Póvoa; os vice-presidentes regionais Renato de Sousa (Centro-Oeste) e Marco Antônio Corsini (Sul), Aristóteles Costa Neto (Sudeste); o vice-presidente de área Carlos Henrique Passos (Habitação de Interesse Social) e Ilso José de Oliveira (Obras Industriais e Corporativas); os presidentes de entidades associadas Cláudio Kawa Hermolin (Ademi-RJ), Helder Campos Pereira (Sinduscon-PB), Francisco Reinaldo (Sinducon-PI), André Montenegro (Sinducon-CE), Fábio Nahuz (Sinduscon-MA) e José Eugênio Gizzi (Sinduscon-PR); e Luis Henrique Cidade, coordenador de Relações Institucionais da CBIC.

COMPARTILHE!

Agenda da Construção

Maio, 2019

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento hoje

Eventos

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
SECOVI- PB
Sinduscon Sul – MT
Sinduscon-AM
Sinduscon – Vale
Sinduscon-Brusque
SECOVI-SP
SINDUSCON – SUL
Sinduscon-BC
Sinduscon-Pelotas
Sinduscon – Vale do Piranga
ADEMI-AM
SECOVI-PR
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X