Logo da CBIC

CBIC`s Agency

06/06/2014

'Conselhão' ainda atrai grandes empresários

"Cbic"
06/06/2014

Valor Econômico

'Conselhão' ainda atrai grandes empresários

Por Bruno Peres | De Brasília 

 Na reunião de ontem do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) foram empossados sete novos conselheiros: Benjamin Steinbruch, presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN); Jaime Arturo Ramírez, reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Jesualdo Farias, reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC); José Carlos Martins, vice-presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), que assumirá o comando da entidade no próximo mês; Nelson Silva, presidente da BG América do Sul; Rafael Cervone Netto, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit); e Sérgio Nobre, secretário-geral da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Ao anunciar a posse dos novos conselheiros, o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, afirmou que, mesmo gripada, Dilma faria questão de participar do encontro. O ministro destacou que as baixas no colegiado foram motivadas por questões eleitorais. O Conselhão ainda atrai a presença de empresários. Entre os presentes à reunião de ontem também estavam nomes como Murilo Ferreira, da Vale; Jorge Gerdau, do Grupo Gerdau; Luiz Carlos Trabuco, do Bradesco; Cledorvino Belini, da Fiat; Maurílio Biagi Filho, do Grupo Maubisa; e Paulo Godoy, da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib).

A presidente Dilma Rousseff aproveitou ontem seu discurso para defender o colegiado de assessoramento da Presidência e fazer críticas à oposição, que questiona decreto presidencial sobre a obrigatoriedade de consultas públicas aos movimentos sociais. A presidente afirmou que um conselho como o CDES tem importância na formulação de políticas no país. "Nós somos a favor da consulta, nós somos a favor da participação de todos os segmentos no processo de estruturação das políticas do governo. Muitas cabeças pensam mais do que só a cabeça do Executivo", disse a presidente. "É uma convicção que nós temos e faz parte, eu acho, da construção da democracia no nosso país", completou.

A afirmação de Dilma foi feita após a apresentação feita aos empresários e representantes da sociedade civil participantes do encontro, no Palácio do Planalto, sobre a viabilidade de elevar para 3 milhões a meta de unidades a serem construídas na terceira fase do programa "Minha Casa, Minha Vida". A presidente deu satisfação aos empresários como se essa fosse política sugerida pelo Conselho.

No mês passado, durante evento em Goiânia, o pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, prometeu a uma plateia de empresários da construção civil construir 4 milhões de unidades,caso seja eleito. A presidente afirmou, entretanto, que é "possível" chegar à meta de 4 milhões "mas nós não colocamos como meta. A meta mais realista, mais próxima do que as empresas foram capazes de executar é 3 milhões".



 
"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

26oct10:0011:30Webinar - Ciclo de Debates Regionais - Nova Lei Geral do Licenciamento Ambiental – Região Sudeste10:00 - 11:30 Via Zoom

Partners and Affiliations

Partners

 
Ademi – ES
Sinduscon-PR
Sinduscon-BC
Sinduscon-CE
Ademi – AL
Sinduscon-AP
Sinduscon-Pelotas
Sinduscon-MA
SECOVI-SP
Sinduscon – Norte
Ademi – SE
Abrainc
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X