Logo da CBIC

Agência CBIC

21/03/2011

Cohab vai ter elevador contra vandalismo

 

21/03/2011 :: Edição 060

Jornal o Estado de S.Paulo/BR   |   19/03/2011

cohab vai ter elevador contra vandalismo

Modelos mais resistentes devem diminuir custos com a manutenção; prédio no
centro vai receber os primeiros

Paulo Saldaña – O Estado de S.Paulo

A Prefeitura de São Paulo foi à Europa encontrar a tecnologia de um elevador
para equipar os prédios de habitação popular do município. O modelo, chamado de
HIS, de fabricação espanhola, é quase um Robocop dos elevadores. Com estrutura
antivandalismo, tem portas e botões reforçados, teto fixo e paredes de aço
resistentes a fogo e faca.

Os primeiros modelos do HIS vão equipar o Edifício Riachuelo, no centro,
substituindo os elevadores convencionais do local. Em 2008, o prédio foi
transformado em habitação popular e passou a abrigar 120 famílias.

A primeira licitação dos elevadores deve ser iniciada em dois meses. Depois
do Riachuelo, o próximo a receber o aparelho será o conjunto habitacional do
Jardim Edite, na zona sul. Localizado na Avenida Roberto Marinho, este será o
primeiro projeto da Prefeitura já erguido com mais de cinco andares. Terá 12,
mais o térreo, e deve ficar pronto em 2012. Na sequência, serão contemplados os
empreendimentos feitos em parceria com o Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Em análise no
Congresso Nacional, o novo texto do programa prevê a construção de prédios mais
altos.

Como o Município já havia definido verticalizar os projetos habitacionais, a
Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab) foi atrás de um equipamento
resistente e que diminuísse os custos de manutenção. O elevador provoca gasto
considerado alto para o público de baixa renda e sempre foi o entrave para
conjuntos habitacionais populares com mais de cinco andares.

Segundo a diretora técnica da Cohab, Hisae Gunji, a maior resistência dos
equipamentos é preponderante para diminuir gastos com manutenção. "Temos empreendimentos
com elevadores que estão com problemas. Fomos verificar e é sempre por mau uso.
Os moradores quebram portas, arrancam botões e usam com excesso de carga."

Os equipamentos terão garantia de manutenção nos cinco primeiros anos de
uso. A Prefeitura acredita que, com campanhas educativas e a melhora na
qualidade de vida, os moradores passarão a fazer uso consciente e se tornarão
capazes de arcar com a manutenção. Segundo Hisae, um elevador eleva em cerca de
R$ 25 o valor do condomínio do prédio, que custa cerca de R$ 50 para cada
morador.

A Cohab ainda não sabe quanto vai gastar com o equipamento, mas, segundo a
Secretaria Municipal de Habitação, o aparelho fica em R$ 150 mil – se usado em
prédios com 13 paradas.


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-ES
SECOVI- PB
SECOVI-SP
Sinduscon-SE
SECOVI-PR
Sinduscon Anápolis
Sinduscon-AL
Sinduscon-SF
Sinduscon-PB
Sinduscon-Porto Velho
ADEMI-AM
Sicepot-PR
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X