Logo da CBIC

Agência CBIC

21/05/2019

Codese Manaus avança com a adesão de entidades da sociedade civil

Evento da quarta Plenária do conselho, realizado nessa segunda-feira (20), na Suframa, reuniu representantes das mais de 20 instituições que compõem o grupo

 

Em pouco mais de um ano de instalação, o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico (Codese Manaus) tem apresentado resultados. Já formou seis das suas nove Câmaras Técnicas, realizou a primeira Feira do Polo Digital de Manaus e tem engajado instituições da sociedade civil, como pode ser observado durante a quarta Plenária realizada pela entidade, nessa segunda-feira (20), na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

“Estamos percebendo que esse é um movimento irreversível. É o movimento da sociedade civil que, nesse novo momento que o país está vivenciando, está se empoderando. Nós pudemos destacar o comprometimento dessas entidades, nos depoimentos que foram dados, legitimando o Codese como uma instituição de conexão e de catalização dos anseios da sociedade, para que isso se traduza em ações, em que o protagonismo deixa de ser do governo e passa a ser dessa sociedade civil”, ressaltou o presidente do conselho, Antonio Azevedo.

De acordo com o titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus, coronel Alfredo Menezes, a autarquia e o conselho unem esforços para melhorar a economia local. “O Codese representa a sociedade na busca de soluções econômicas para o nosso estado e, dentro disso traz matrizes complementares. O objetivo da Suframa é fortalecer o nosso Polo Industrial de Manaus [PIM], e também colaborar nessa busca de soluções para a economia”, disse.

Da esquerda para a direita – Coronel Alfredo Menezes superintendente da Suframa, Antonio Azevedo, presidente do Codese Manaus, Frank Souza,presidente do Sinduscon-AM e Romero Reis, vice-presidente do Codese Manaus (Fpto: Divulgação)

A Plenária contou com a presença do deputado federal Alberto Neto, que durante discurso, destacou a necessidade de desenvolvimento regional. “O nosso Polo é um modelo de sucesso. Só que isso tem um prazo para acabar: são 50 anos. E a pergunta que fica é “o que vamos fazer, quando chegar os 50 anos/qual caminho vamos trilhar para termos novas matrizes econômicas?” O Codese tenta responder essa pergunta”, destacou, ao lembrar que o modelo Zona Franca de Manaus foi prorrogado até 2073.

O presidente do Codese afirmou que a implantação de mais três câmaras técnicas e a contratação de consultorias estão entre os próximos desafios do conselho. “Para que a gente possa dar andamento em ações pragmáticas que possam, realmente, começar a fazer a diferença, na economia, ajudando o governo e a sociedade a saírem do status quo”, disse.

Codese Manaus

Quarta Plenária do Codese Manaus ocorreu na Suframa (Foto: Divulgação)

Apresentado à sociedade amazonense no dia 15 de março de 2018, o conselho tem como objetivo principal contribuir com o planejamento de Manaus em 20 anos, em conjunto com a sociedade civil organizada e o poder público.

A entidade surgiu a partir do projeto O Futuro da Minha Cidade (OFMC), uma iniciativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) com a correalização do Serviço Social da Indústria (SESI Nacional) que está em desenvolvimento em mais de 20 cidades do país, incluindo a capital do Amazonas, baseado no modelo bem sucedido do Codem – criado em Maringá, Paraná, em 1996, para planejar o município. A ideia surgiu com Silvio Barros, ex-prefeito de Maringá.

O projeto foi apresentado nacionalmente no último dia 10 de maio, durante o “Diálogo CBIC: O Futuro da Minha Cidade e Brasília”, com participação do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, em Brasília. Veja mais sobre o projeto.

As discussões para a implantação do projeto na capital começaram em 2016 com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM) e a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário no Estado do Amazonas (Ademi-AM).

Atualmente, o Codese já conta com presidente e vice, além de um grupo de conselheiros que se reúnem semanalmente para traçar estratégias de desenvolvimento econômico e social para Manaus. Apartidário e apolítico, o conselho já tem definida suas nove câmaras técnicas, que atuam em diversos segmentos, desde a educação ao desenvolvimento econômico de Manaus.

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Ademi – ES
FENAPC
Sicepot-RS
Sinduscon-AL
Sinduscon-RS
Sinduscon-MT
Sinduscon-SP
ADIT Brasil
Sinduscon Sul – MT
Sinduscon-Brusque
Ademi – DF
ADEMI – BA
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X