Logo da CBIC

CBIC`s Agency

24/03/2014

CNJ reconhece projeto de reinsercão de construtora

"Cbic"
24/03/2014

Jornal do Commercio RJ

CNJ reconhece projeto de reinsercão de construtora 

COMEÇARDENOVO

 DA REDAÇÃO  

 Em época de alta no setor da construção civil, egressos do sistema prisional têm contribuído para ampliar aeroportos e a malha rodoviária, e erguer estádios da Copa do Mundo Fifa 2014.0 projeto de contratação de ex-detentos em obras de infraestrutura da construtora OAS foi reconhecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a partir da concessão à empresa do Selo Começar de Novo, conferido a instituições públicas e privadas que se destacam em ações de reinserção social. Primeira do ano, a outorga do selo consta da Portaria CNJ 20, assinada pelo presidente do CNJ, ministro Joaquim Barbosa.

Ao longo de 2013, a OAS contratou 216 egressos para trabalhar em cinco de seus empreendimentos: estádios Arena das Dunas (RN) e Arena Fonte Nova (BA), rodovia BA-093, Rodoanel (SP) e Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. De acordo com a gerente de Responsabilidade Social da OAS, Fernanda Oliveira, grande parte dos egressos não tinha experiência na construção civil e foi alocada como servente. "Alguns, depois de meses de trabalho, foram promovidos a cargos mais especializados", afirmou Fernanda Oliveira,acrescentando que houve receio, em um primeiro momento, por parte

Ex-detentos foram contratados pela OAS em 2013 dos gestores das obras. "Mas depois eles se tornaram grandes incentivadores do programa e avaliaram o processo muito positivamente", disse.

Coordenadorias

 A seleção dos ex-detentos é feita, primeiramente, pelas coordenadorias regionais de Reintegração Social e Cidadania. Os selecionados passam, então, por entrevista técnica e psicológica até serem admitidos nas obras. A OAS já recrutava egressos do sistema prisional, mas foi a partir de 2013 que a prática tornou-se sistematizada. "Com a estruturação do Instituto OAS, a empresa aderiu ao Programa Começar de Novo, estimulou as contratações e treinou os colaboradores", disse Fernanda Oliveira, acrescentando que são atrelados à rotina dos profissionais outros projetos do Instituto, como a Escola OAS que oferece treinamentos operacionais, administrativos e alfabetização em salas de aulas montadas nos canteiros das obras.

A empresa reconhece que o Mundial de Futebol aqueceu o mercado da construção civil e, consequentemente, o recrutamento de pessoas. "Nosso objetivo é manter as contratações mesmo após a realização da Copa", afirmou Fernanda. De acordo com balanço do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF), do CNJ, 65 empresas de 15 estados já obtiveram o Selo Começar de Novo, de 2012 até agora. A maior parte das companhias parceiras do CNJ, atualmente, é do ramo industrial e está nos estados da Bahia e do Paraná, para onde foram concedidos 26 e 13 selos, respectivamente.

A concessão do prêmio é regulamentada pela Portaria CNJ 49, de 2010. Pela norma, as instituições públicas e privadas devem comprovar o oferecimento de vagas ou cursos de capacitação para presos, egressos, cumpridores de medidas alternativas ou adolescentes em conflito com a lei de modo a reduzir a reincidência criminal. (Com Agência CNJ)

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon – Norte
Sinduscon-Teresina
ASEOPP
Sinduscon-PB
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Sinduscon-SE
AELO
ADIT Brasil
Sinduscon-Oeste/PR
Sinduscon-RN
SECOVI-PR
Sinduscon-Costa de Esmeralda
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X