Logo da CBIC

Agência CBIC

25/07/2011

Chicote novo para agilizar construção

"Cbic"
25/07/2011 :: Edição  142

 

Estado de Minas/MG 24/07/2011
 

Chicote novo para agilizar construção

Fábrica de Santa Rita do Sapucaí desenvolve kit elétrico mais barato e que pode ser instalado em 45 minutos  – Frederico Bottrel*  
 
Santa Rita do Sapucaí – A boa e velha máxima "tempo é dinheiro" é essencial aos planos do boom da construção civil no país. O desafio das grandes construtoras é conseguir manter a qualidade e entregar as unidades em menos tempo. Consoante com essa meta, vem de Santa Rita do Sapucaí, a 420 quilômetros de Belo Horizonte, no Sul de Minas, ideia que promete ao menos 35% de economia nas instalações elétricas de uma nova casa ou apartamento: o trabalho que antes demorava dois dias, passa a ser feito em 45 minutos. Em alguns casos, a economia pode chegar a 50%.
 O chamado chicote elétrico habitacional foi idealizado nos corredores da Condupar, uma das 142 fábricas do Vale da Eletrônica de Minas. "Tínhamos um cliente que construía casas modulares. Ele nos contou que conseguia montar as unidades em dois dias e depois ficava esperando mais dois dias, por conta da demora da instalação elétrica. Pensamos, então, em resolver esse problema", conta Luis Carlos Paduan, gerente-geral da fábrica.
 A empresa havia se especializado, desde a criação, em 2000, na produção de chicotes elétricos – como são chamados esses kits feitos sob medida – para a indústria automotiva e eletrodomésticos da linha branca (geladeiras, fogões etc). Há dois anos começou a desenvolver o projeto do produto que acaba de lançar, com o foco na habitação e já tem portas abertas para conquistar oito grandes construtoras do país, como MRV, Direcional e o Grupo Camargo Corrêa.
 A fabricante americana de materiais de construção InnoVida vai a Santa Rita, esta semana, para conhecer o projeto, que já modificou a rotina da fabrica da Condupar. Inicialmente instalada no Centro Empresarial da cidade, a empresa acaba de se mudar para a nova sede. Antes eram 30 funcionários no chão da fábrica. Agora, são 135. Para cumprir a meta de produção de 100 mil kits no ano que vem, o número de trabalhadores na Condupar deve chegar a 300. As antigas instalações tinham 600 metros quadrados; as novas se estendem por 3,5 mil metros quadrados.
 Demanda e exportação De olho no mercado externo, a empresa vai montar estandes em que demonstrará o funcionamento da novidade, em feiras internacionais. Construtoras da Venezuela também já se interessaram pelo produto. O país vizinho acaba de anunciar que adotará o programa Minha casa, minha vida, do governo federal brasileiro, como modelo para construção e financiamento de 2 milhões de casas.
 A demanda por aqui, contudo, já está bem aquecida. "Produzindo 100 mil kits, estaremos ainda aquém da demanda no Brasil", diz Paduan. O déficit habitacional no país, na faixa de renda entre um e três salários mínimos, é de 5 milhões de residências. Na faixa entre três e cinco salários, o déficit é de mais 3 milhões.
 "Quando inovamos em solução, e não em produtos, conseguimos sair na frente dos chineses. Do contrário, a concorrência é desleal mesmo", diz Paduan. O chicote elétrico habitacional, segundo ele, não deverá ser patenteado.
 A burocracia no processo poderia fazer com que a fábrica perdesse o timing do aquecimento da construção civil. "Além disso, não daríamos mesmo conta dessa demanda, é melhor que surjam outros fabricantes", diz o empresário.
 A Condupar teve, no ano passado, faturamento de R$ 9 milhões. Para este ano, mantém a expectativa em R$ 11 milhões, preservando a parcimônia. Mineiramente, o empresário prefere não antever o que pode ocorrer se a ideia do chicote habitacional cair nas graças das grandes empresas de construção civil.

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Outubro/2020

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

29Out17:0018:30Quintas da CBIC: Cidadania e desenvolvimento: O futuro dos municípios17:00 - 18:30 Via Zoom

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
ASEOPP
ADEMI-AM
Sinduscon-PB
Sinduscom-NH
FENAPC
Sinduscon-PE
Sinduscon-GO
Ademi – AL
Sinduscon-JP
Sinduscon-SM
Sinduscom-SL
ADEMI – BA
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X