CBIC lança cartilha orientativa sobre os impactos dos custos trabalhistas em mão de obra no setor da construção civil durante o Enic de Florianópolis

Estudo sobre encargos previdenciários e trabalhistas no setor será o primeiro após a atualização da legislação trabalhista

Mais uma das iniciativas do setor da construção na área de Segurança e Saúde no Trabalho será lançada no próximo mês de maio, durante o 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), em Florianópolis (SC). Trata-se da cartilha Encargos Previdenciários e Trabalhistas no Setor da Construção Civil, primeiro estudo desenvolvido pela CBIC sobre o tema, após a reforma da legislação trabalhista. O trabalho contém metodologia consistente, objetiva e técnica, que vai apurar os custos previdenciários e trabalhistas da mão de obra no setor, possibilitando às empresas de construção saber efetivamente o custo real dos seus trabalhadores. “A cartilha ajuda a identificar de forma mais apurada o custo do trabalho na construção civil. A ideia é que as construtoras e entidades associadas à CBIC tenham uma orientação de critérios nacionalmente unificados para apurar quanto custa o seu trabalhador em relação também aos custos indiretos, não apenas aos previdenciários e trabalhistas”, destaca o presidente da Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, Fernando Guedes.

Desenvolvido pelo Banco de Dados da entidade, em parceria coma CPRT/CBIC, e com a correalização do Sesi Nacional, o impacto dos custos será medido por meio de uma metodologia que tem como diferencial a possibilidade de ser customizada para as construtoras. O estudo será um importante instrumento de orientação às empresas e entidades da construção civil que poderão, com maior tranquilidade e referência mercadológica, determinar o seu custo em particular. “É uma ferramenta para a tomada de decisão, que apropria, de maneira consistente, os custos trabalhistas da construção civil”, destaca o coordenador do Banco de Dados da CBIC, Daniel Furletti.

“Em média, 52% do custo da construção é com a mão de obra”, aponta Furletti. Segundo ele, se o Custo Unitário Básico da Construção (CUB) for considerado, os outros 46% são com material e o restante com custos administrativos e locação de equipamentos, o que reforça que o custo com a mão de obra é a maior parte do custo do setor. Ao seu cálculo se integram não apenas o valor do salário, mas também custos previdenciários e trabalhistas, como previdência, FGTS, Férias, 13º Salário, Descanso Semanal Remunerado, Salário Educação, Acidentes, Adicional Noturno, Licença Paternidade e Enfermidades, entre outros. “É o que vamos apurar para ter conhecimento real dos custos do trabalhador para as empresas e o setor da construção”, diz Furletti, reforçando que esses custos adicionais levaram a mão de obra, no transcorrer dos anos, a aumentar sua participação no custo da construção. “Há dez anos, o custo da mão de obra correspondia a 40% do CUB, hoje ela já ultrapassa 50%”.

De acordo com a economista Ieda Vasconcelos, do Banco de Dados da CBIC, além de todas as alterações ocorridas na legislação trabalhista, a análise também se baseará em uma ampla pesquisa de parâmetros específicos, os quais são diferenciados de empresa para empresa. Desta forma, este trabalho será um instrumento de orientação e tomada de decisão para o setor em relação aos seus encargos sociais. “Utilizaremos médias específicas que depois poderão ser apropriadas pelas regiões, cidades e até empresas”, menciona.

“A partir do momento em que a metodologia for disponibilizada, a empresa poderá calcular o seu custo efetivo”, reforça Furletti, destacando a importância da ferramenta para as empresas do setor da construção.

O lançamento da cartilha Encargos Previdenciários e Trabalhistas no Setor da Construção Civil, será no dia 17 de maio, durante o painel do Banco de Dados da CBIC no 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), que tratará do tema “Encargos previdenciários e trabalhistas na construção civil – metodologia de cálculo”, das 16h às 18h, no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, em Florianópolis (SC). Para mais informações e inscrições no 90º Enic, clique aqui. http://cbic.org.br/enic/

 

Compartilhe!

Eventos

 
 

Agenda da Construção

Setembro, 2018

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

20Set14:0017:00Reunião da Comissão de Infraestrutura (COP)Reunião Ampliação Mercado de Infraestrutura

Núcleo de Seguros

 
Convenio de Seguros
 

Afiliações

 
CICA
FIIC
CNI
 

Publicações

Clique aqui para acessar todas as publicações da CBIC.

Parceiros

Clique aqui e conheça os parceiros da CBIC.

X
/* ]]> */