Logo da CBIC

Agência CBIC

13/02/2020

CBIC Jovem adere ao movimento de reinventar a construção civil

Membros do 'CBIC Jovem' participam do 'StartSe – Construtech Conference 2020', em São Paulo

Nove dos 16 membros do grupo CBIC Jovem participaram ontem (12), em São Paulo, do evento StartSe – Construtech Conference 2020, que mostrou como as novas tecnologias – ainda pouco difundidas – e as mudanças de hábito dos consumidores têm aumentado a eficiência operacional na construção civil e se tornado uma grande vantagem competitiva para as empresas, diferenciando-as no mercado, reduzindo seus custos e melhorando sua produtividade e seus lucros.

O evento, que conta com a maior feira de startups de construção civil, reuniu profissionais de construtoras, incorporadoras e empresas do setor da construção, arquitetos, engenheiros e executivos da área, além de investidores do setor, empreendedores e entusiastas.

“A participação do CBIC Jovem no evento foi fundamental para inserir o grupo no universo das construtechs”, aponta a presidente da Comissão de Responsabilidade Social (CRS) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Ana Cláudia Gomes, destacando que eles “participaram com o desafio de identificar as tecnologias disponíveis de mais fácil utilização e implantação nas empresas para a obtenção de ganhos em processos de gestão e produção”.

 

Reinventando a construção civil

 

Na avaliação da engenheira civil e CEO da empresa Prevision e membro do grupo, Paula Lunardelli, a crise econômica ocorrida no país foi muito importante para que as empresas pudessem se reinventar e entender que não dava mais para fazer da mesma forma. “Hoje, as empresas já sabem que é preciso ter eficiência para se diferenciar no mercado e que tecnologia e inovação são investimentos que trazem mais retorno”, diz.

Para os membros do grupo CBIC jovens, as tecnologias apresentadas reforçam a necessidade de mudança de cultura na construção civil para o alcance da velocidade requerida pelo mercado.

 

Grupo CBIC Jovem avalia o StartSe – Construtech Conference 2020

“Foi uma amostra das diversas inovações que estão invadindo o mercado, tanto para suporte dos consumidores quanto dos fornecedores e profissionais da área. As facilidades de comparação entre produtos do mercado imobiliário, por exemplo, demandam nivelamento da qualidade do que está sendo ofertado. Ao mesmo tempo, do ponto de vista da cadeia produtiva, as novas tecnologias permitem que se atinjam as cada vez mais altas expectativas dos consumidores em prazo, custo e qualidade”, engenheiro civil Andrew Nóbrega Baptista de Araújo, sócio proprietário da Elo BIM Construção Virtual (Natal/RN).

 

“A expressão ‘dados são o novo petróleo’ – já amplamente conhecida – foi um dos assuntos centrais do evento. Tomada de decisões baseadas em dados (DDDM na sigla em inglês) é certamente o centro das inovações que estão surgindo. Projetos com muito mais informação atrelada e utilização de Inteligência de Negócios (BI na sigla em inglês) são apenas alguns exemplos do quão necessária é a mudança de cultura na construção civil para que avancemos na velocidade requerida pelo mercado”, engenheiro civil Solon da Costa Souza Filho, da startup Ambar (São Paulo/SP).

 

“As mudanças de hábito do consumidor, tanto no modelo de negócio quanto nas experiências que buscam na ponta, estão fazendo com que as construtoras tenham projetos mais eficientes. Com eficiência e economia você consegue empregar ainda mais valor e fazer com que as contas fechem. O mercado sabe que não é mais qualquer produto que vende, o que obriga que essa execução seja muito mais otimizada”, engenheira civil Paula Lunardelli, CEO da Prevision (Santa Catarina). 

 

“Novos modelos de negócios estão surgindo a cada dia, por meio de construtechs que apresentam soluções inovadores, disruptivas e com alta tecnologia empregada. A Inteligência Artificial (IA), IoT, Big Data, entre outros, se mostram como a chave para a competitividade e sobrevivência no setor”, engenheiro civil Jeferson Spiering Böes, conselheiro do Sinduscon Jovem Ceará (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará).

 

“O evento foi bastante abrangente e trouxe diversos insights sobre tendências do mercado da construção e da sociedade, além de uma série de soluções para dores desse ecossistema. Estavam presentes startups com soluções para gestão e planejamento de obra, extração de dados a partir de imagens, detecção de falhas de impermeabilização e automatização de avaliação de desempenho de projetos, até soluções para gamificação de treinamento de corretores, assinatura eletrônica de documentos, redução de taxas de condomínio e hubs de inovação”,  engenheiro civil Eduardo Damião, da Tecnisa (São Paulo/SP).

 

“Existem inúmeras tecnologias emergentes e que podem proporcionar grande evolução em qualidade, produtividade e custo na indústria da construção. A tendência é a inserção progressiva dessas tecnologias em nosso cenário porque o perfil do usuário evolui rapidamente e cada vez mais será avaliado para tomadas de decisões”, engenheiro civil Matheus Alves Martins (Campo Grande/MS)

 

 

“O evento proporcionou uma ótima visão de que a inovação tecnológica já está difundida no universo da construção civil e prevalece em constante ascensão, mediante a oferta dos mais diversos tipos de produtos, técnicas e serviços – avançados, ágeis, precisos e confiáveis. É fato, que a transformação digital também tem refletido diretamente no hábito dos consumidores com a disseminação de informações mais rápidas e acessíveis. As demandas passam a ser mais criteriosas e exigentes em termos de economia, velocidade, qualidade e até mesmo sustentabilidade das construções, requerendo dos profissionais e fornecedores um upgrade quanto a capacitação e reestruturação dos modelos habituais, rompendo paradigmas, a fim de atender e fortalecer esse progresso”, arquiteta Tatiana Arquiteta Tatiane Kelm, da Garra Representações (Porto Velho/RO).

O assunto tem interface com o projeto ‘Desenvolvimento de Lideranças’ da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em correalização com o Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional).

Os jovens que integram o novo grupo foram selecionados em 2019, dentre os 140 inscritos no ‘CBIC Jovem – O Desafio’, em um processo totalmente virtual.

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Agosto/2020

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

12Agoallday14alldayADIT Juris Digital 2020 - Seminário online sobre Soluções Jurídicas para os Setores Imobiliário e Turístico(Dia todo) Formato Digital

12Ago09:0012:00Reunião do Conselho de Administração da CBIC09:00 - 12:00 Via Zoom

12Ago14:3016:00Diálogos CBIC: Selo Casa Azul + CAIXA14:30 - 16:00 Webinar

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-SE
Sinduscon-Norte/PR
SECOVI- PB
SECONCI BRASIL
Ademi – DF
AEERJ – Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro
Sinduscon-ES
Ademi – GO
Sinduscon-AC
Sinduscon-PR
Sinduscom-NH
Sinduscon – Grande Florianópolis
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X