Logo da CBIC

Agência CBIC

05/05/2021

CBIC envia sugestões à proposta de IN sobre Estudos Técnicos Preliminares

A Comissão de Infraestrutura (Coinfra) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) encaminhou nesta quarta-feira (05) à Secretaria de Gestão do Ministério da Economia sugestões à Consulta Pública da Instrução Normativa sobre Estudos Técnicos Preliminares. A Instrução fará parte da regulamentação da Lei 14.133/21, a nova Lei de Licitações Públicas.

Assim como os subsídios enviados à IN sobre Ordem Cronológica de Pagamentos, as contribuições da Coinfra foram formuladas por um grupo de cinco especialistas na matéria:

  • Fernando Vernalha
  • Benedicto Porto Neto
  • José Eduardo Guidi
  • Rafael Mota
  • Fabrício Pagnossin

Seguem as contribuições apresentadas sobre Estudos Técnicos Preliminares:

Contribuições da Coinfra/CBIC à regulamentação

da Lei 14.133/21 – Licitações Públicas

Instrução Normativa sobre Estudos Técnicos Preliminares

PROPOSTAS CBIC:

Art. 6º:

III

Contribuição:

Nova redação ao inciso III do caput do art. 6º, nos seguintes termos:

Art. 6º.

III – levantamento de mercado, que consiste na análise das alternativas possíveis, e justificativa técnica e econômica da escolha do tipo de solução a contratar, podendo, entre outras opções:

  1. ser consideradas contratações similares feitas por outros órgãos e entidades, inclusive da iniciativa privada e internacionais, com objetivo de identificar a existência de novas metodologias, tecnologias ou inovações que melhor atendam às necessidades da Administração públicas;
  2. ser realizada audiência ou consulta pública, preferencialmente na forma eletrônica, para coleta de contribuições;
  3. em caso de possibilidade de compra ou de locação de bens, ser avaliados os custos e os benefícios de cada opção para escolha da alternativa mais vantajosa; e
  4. ser consideradas outras opções menos onerosas à Administração, tais como Concessões, Parcerias Público Privadas, Contratos de Gestão com Organizações Sociais, Termos de Parcerias com OSCIP´s, chamamentos públicos de doação e permutas.

Justificativa: A busca por alternativas não deve ser restrita às práticas apenas de outros órgãos ou entidades da administração pública, mas observar as melhores práticas e alternativas existentes no cenário da iniciativa privada e na prática internacional.

 

Art. 6º.

XII

Contribuição: Nova redação ao inciso III do caput do art. 6º, nos seguintes termos:

Art. 6º.

XII – descrição de possíveis impactos ambientais e respectivas potenciais medidas mitigadoras, com a consideração de seu custo, incluídos requisitos de sustentabilidade mínima a ser alcançada; baixo consumo de energia e de outros recursos, bem como logística reversa para desfazimento e reciclagem de bens e refugos, quando aplicável;

Justificativa: A definição das medidas mitigadoras será melhor ajustada quando da elaboração dos Projetos Básico e Executivos e das Fases de Licenciamento, devendo no EPT ao menos serem identificadas aquelas que potencialmente serão necessárias, de modo a que seu custo seja considerado no planejamento inicial, tendo em vista a viabilidade econômica da contratação.

A ação integra o projeto “Melhoria da competitividade e da Segurança Jurídica para Ampliação de Mercado na Infraestrutura” da Comissão de Infraestrutura (Coinfra) da CBIC, em correalização com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

SAIBA MAIS

CBIC envia contribuições à proposta de IN de Ordem Cronológica de Pagamentos

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-TAP
Sinduscon-AM
SINDUSCON SUL CATARINENSE
Sinduscon-Vale do Itapocu
Sinduscon-RIO
Ascomig
Sindicopes
Sinduscon-MA
APEOP-PR
Sinduscon Sul – MT
Sinduscon – CO
Sinduscon-SE
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC