Logo da CBIC

Agência CBIC

03/01/2011

Caixa se apoia no Minha Casa, Minha Vida

CBIC Clipping

03/01/2011 :: Edição 035

Jornal Brasil Econômico/BR|   /03/01/2011

Caixa se apoia no Minha Casa, Minha Vida

Programa do governo deve manter crescimento da Caixa em nível superior à concorrência

 Além de ser líder no financiamento imobiliário, a Caixa Econômica Federal é o principal agente do programa federal "Minha Casa, Minha Vida". A atuação nesse segmento deve garantir, na avaliação de analistas, que a instituição tenha um crescimento superior ao registrado pelos demais grandes bancos públicos, Banco do Brasil e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 Para o analista da Austin Rating Luis Miguel Santacreu, a Caixa tem como diferencial o programa habitacional do governo federal, que, assim como foi com Lula, deve ser uma das principais bandeiras de Dilma Rousseff. "Isso pode fazer diferença no crescimento da carteira de crédito do banco", diz.

 Dos R$ 162,780 bilhões da carteira da Caixa (dados de setembro), R$ 97,911 bilhões estão alocados no crédito imobiliário.

 Embora forte nesse segmento, o analista reforça que a instituição terá pela frente a integração de operações com o Panamericano e, dessa forma, conseguir ganhos de sinergia com a aquisição da parcela de 36,6% realizada ao final de 2009.

 Para ajudar nessa tarefa, a Caixa colocou quatro de seus principais executivos no conselho de administração do banco pertencente ao Grupo Silvio Santos após a descoberta do rombo contábil de R$ 2,5 bilhão no Panamericano.

 O analista da Lopes & Filho Consultoria João Augusto Salles lembra que, além do setor imobiliário, a Caixa tem um papel importante no financiamento à infraestrutura, mais especificamente no saneamento básico.

 "A infraestrutura vai continuar como bandeira do governo." De acordo com Salles, a Caixa tinha uma atuação menor na pessoa física em relação ao BB.

 Por essa razão, deve ser menos atingida pelas medidas do BC para conter o crédito de longo prazo – o financiamento imobiliário não sofreu restrições.

 Minha Casa, Minha Vida Na semana passada, a Caixa anunciou que cumpriu a meta de um milhão de unidades habitacionais no programa federal "Minha Casa, Minha Vida". Até o dia 31, foram contabilizadas as contratações de 1.003.214 moradias.  No entanto, não foi informado quantas unidades foram de fato entregues.

 Segundo a instituição financeira, as contratações de crédito no programa somam R$ 52,98 bilhões. Para chegar à meta, o governo inaugurou nos últimos dias de 2010 uma série de empreendimentos habitacionais.

 Concluída essa primeira etapa, terá início em2011 o "Minha Casa, Minha Vida 2". Estão previstas nessa segunda fase a construção de dois milhões de unidades habitacionais.

 Já o Banco do Brasil (BB), que também é um dos agentes do programa habitacional, informou que realizou no ano passado cerca de 12 mil contratos de unidades habitacionais, mas que um pequeno volume de recursos foi liberado. A expectativa é que até o ano que vem a carteira de crédito referente ao "Minha Casa, Minha Vida" no BB chegue a R$ 1,2 bilhão. A.P.R.

Financiamento à habitação representa 60%da carteira de crédito total da Caixa

"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  

 


"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-MG
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscom-NH
Sinduscon-AL
Sinduscon-Mossoró
Sinduscon-PB
Sinduscom-SL
Sinduscon-RN
Sinduscon-TO
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
Ademi – DF
FENAPC
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X