Logo da CBIC

Agência CBIC

29/05/2012

Brazil invest 2012 evidencia o interesse de investimentos dos chineses no mercado nacional

"Cbic"
29/05/2012 :: Edição 327

 

Dinheiro na Conta/BR 29/05/2012
 

Brazil invest 2012 evidencia o interesse de investimentos dos chineses no mercado nacional

O Ministério do Comércio da China informou neste mês que o investimento no exterior do país asiático pode alcançar US$ 150 bilhões em 2015, registrando crescimento anual médio de 17%. O investimento direto não financeiro no exterior feito pela maior segunda economia do mundo somou US$ 23,16 bilhões nos primeiros quatro meses deste ano, uma expansão anual de 72,8%. De olho, particularmente, no potencial chinês, a APEX (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) organizou nesta semana o Brazil Invest 2012, em Hong Kong, com o objetivo de aproximar os investidores asiáticos das empresas brasileiras e disponibilizar informações sobre as oportunidades de negócios no Brasil.
Todos os participantes foram unânimes em afirmar que o momento é propício para o recebimento de investimentos estrangeiros, principalmente, em decorrência dos grandes eventos esportivos (Copa das Confederações em 2013, Copa do Mundo em 2014, Jogos Olímpicos e Paraolímpicos em 2016) no Brasil e da 2ª etapa do Programa de Aceleração do Crescimento PAC, disse o advogado Hélio Navarro, palestrante do seminário e especialista em Direito Administrativo e Tributário da banca jurídica Brasil Salomãoe e Matthes Advocacia.
Maiores parceiros comerciais do Brasil desde 2009, o evento evidenciou o interesse dos chineses em investir no Brasil, principalmente, nos setores imobiliários e de infraestrutura, conforme relata o advogado. Navarro ressaltou, no entanto, que para atrair maior volume de negócios o país precisa garantir um cenário de segurança jurídica aos investidores. O Brasil tem grandes oportunidades de investimentos e a China, grandes fundos interessados em investir, mas é necessário, ainda, aparar algumas arestas, assegura. A previsão e a observância das cláusulas de arbitragem nos contratos públicos, por exemplo, foram pontos debatidos como fatores decisivos para encorajar os investidores do país asiático a direcionarem seus recursos para o Brasil. A diminuição da burocracia também é preponderante para a atração desse capital.
É preciso levar informação aos investidores, mas também é necessário assessorá-los juridicamente, estabelecendo o melhor planejamento a ser adotado. A assessoria jurídica especializada aos investidores chineses se mostra imprescindível para o sucesso dos negócios com o Brasil. Em sua palestra, Navarro falou sobre as oportunidades de negócios no Nordeste brasileiro e mostrou aos chineses como acessar as obras da Copa de 2014 e dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016, apontando ainda as particularidades do Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), previsto na Lei nº12.462/11. Há um grande interesse dos chineses nos contratos destinados a atender à demanda desses eventos.
Leque de oportunidades
Segundo Navarro, um grande leque de oportunidades foi apresentado aos investidores asiáticos, em especial, aos chineses. Foram apresentadas oportunidades nos mercados imobiliário, turístico, de infraestrutura, de tecnologia da informação, agricultura, e ainda da exploração de gás, petróleo e mineração. As Parcerias Público Privadas (PPPs) também foram apontadas como uma eficiente forma de atração de investimentos privados no setor público, observou. Além de empresários e advogados de diferentes áreas do Direito, participaram do evento representantes de fundos de investimento estrangeiros, do Ministério do Desenvolvimento,Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ministério da Ciência e Tecnologia, Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombiustíveis, Prefeitura do Rio de Janeiro, e das Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China e Câmara Brasileira de Indústria da Construção.
José Carlos Martins, vice-presidente da Câmara Brasileira de Indústria da Construção (CBIC), destacou que o aumento da renda per capita e a diminuição da inadimplência no Brasil têm contribuído de forma significativa para o aquecimento do mercado imobiliário, estimulado, ainda, pelo projeto do governo federal, o Programa Minha Casa, Minha Vida. Martins recomendou a parceria entre empresas brasileiras e chinesas como uma forma de facilitar a inserção dos recursos estrangeiros no mercado imobiliário doméstico e alertou os investidores sobre a necessidade de conhecer a legislação brasileira, antes de qualquer investimento. Já Eduardo Celino, coordenador geral de Investimentos do MDIC, abordou a existência de oportunidades no setor de produção de energias recicláveis e ressaltou que o PAC2 visa mais do que o simples aporte de recursos em infraestrutura, e busca, principalmente, diminuir as diferenças regionais existentes no país, por intermédio de investimentos sustentáveis.
Sobre o escritório:
Brasil Salomão e Matthes Advocacia- Fundado há 43 anos, o escritório foi o único a figurar do ranking das Melhores Empresas para Você Trabalhar, Você S/A Guia Exame por cinco anos consecutivos, de 2005 a 2009, pela exímia gestão de pessoas, plano de carreiras, infraestrutura, ações e programas executados. Neste ano está entre os Mais Admirados do Direito da Análise Setorial nas áreas Tributária e Ambiental. Em 2007 e 2008, o escritório foi destacado como o único indicado no País do setor jurídico e obteve nota 7,9 no índice de felicidade no trabalho (IFT) da pesquisa. Em 2008 o Brasil Salomão e Matthes Advocacia foi também premiado pela revista Época em um estudo conduzido pela Great Place toWork, e foi o único do setor jurídico brasileiro selecionado entre as 100 melhores empresas para trabalhar. Está presente em São Paulo- SP, RibeirãoPreto-SP, Franca-SP, Campinas-SP, Belo Horizonte-MG, Três Lagoas-MS e Goiânia-GO, e conta com equipe em todo território brasileiro, atua no Mercosul, México, Estados Unidos e Europa.
Excelência no atendimento focado nas necessidades e expectativas dos clientes de forma imediata, eficaz, confiável e com certeza de continuidade, sustentabilidade da organização com ética e respeito à tradição com responsabilidade social,ambiental e financeira. Possui um Centro de Estudos com uma série de ações e palestras, prima pela contínua atualização tecnológica e de processos de trabalho, esses são alguns dos valores do escritório. A banca atua em todas as áreas do Direito: Tributário, Civil, Comercial e Societário, Trabalhista, Penal, Administrativo, Recuperação de Créditos/Cobrança, Ambiental e Biodireito, Cooperativismo e Desportivo. Atende grandes, médias e pequenas empresas de vários setores, entre eles, varejo, agroindústria, construção civil, aviação, biodiesel, convênio médico, educação, transporte, indústria (farmacêutica, bebida, alimentação, têxtil, automotiva, moveleira), energia, agropecuária, laboratório médicos, entre outros. Com inúmeras realizações sociais, ambientais e culturais, o escritório criou o Núcleo de Responsabilidade Social Brasil Salomão e Matthes Advocacia e está entre as exclusivas bancas jurídicas que conquistaram o ISO 9001:2008 pela BSI Brasil. Acesse:www.brasilsalomao.com.br

"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
SECOVI-SP
Sinduscon-AP
Sinduscon-Brusque
ASEOPP
Sinduscon-MT
Sinduscon – CO
ANEOR
Sinduscon-PB
Sinduscon-AC
Sinduscon-BC
Sicepot-PR
Assilcon
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X