Logo da CBIC

Agência CBIC

07/04/2021

Bate recorde aumento no custo com materiais e equipamentos da construção

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), calculado e divulgado nesta quarta-feira (07) pela Fundação Getúlio Vargas, apresentou alta de 1,30% em março. Com esse resultado, a elevação observada no primeiro trimestre foi de 4,14%. A variação acumulada nos últimos 12 meses encerrados em março/2021 (12,23%) foi a maior para o período desde 2004.

“Construir está ficando cada vez mais difícil. Além do desabastecimento de importantes insumos, os aumentos nos preços parecem não ter limite”, destaca a economista do Banco de Dados da Câmara Brasileira da Industria da Construção (CBIC), Ieda Vasconcelos.

O INCC – Materiais e Equipamentos registrou, pelo nono mês consecutivo, elevações expressivas. Em março a alta foi de 2,84%, o que resultou em um acumulado de 8,81% no primeiro trimestre.

Segundo Vasconcelos, ainda que a variação mensal tenha ficado inferior a observada em fevereiro (4,38%), o aumento nos preços continua surpreendendo. Nos últimos 12 meses (abril/2020-mar/2021) a alta foi de 28,13%, o que correspondeu a um recorde desde 1997.

A economista reforça que os aumentos nos preços dos insumos, além de um impacto econômico, também provocam um forte impacto social. “Com aumentos tão elevados, a construção de imóveis para o atendimento da população com faixa de renda mais baixa, justamente onde reside o maior déficit habitacional do Brasil, fica totalmente prejudicada”, diz.

Em março, as maiores influências positivas no INCC Materiais e Equipamentos, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas, foram observadas nos seguintes insumos:

  • Condutores elétricos (+10,98%)
  • Tubos e conexões de ferro e aço (+3,51%)
  • Tubos e conexões de PVC (+6,65%)
  • Esquadrias de alumínio (+3,34%)
  • Elevador (+3,14%)

Vasconcelos ressalta que o expressivo incremento nos custos com materiais e equipamentos, além de provocar adiamento de novos lançamentos, também prejudica o andamento das obras públicas.

“Os contratos já firmados não tinham como prever aumentos na proporção que está acontecendo. A necessidade de um reequilíbrio econômico é essencial para que as obras já iniciadas cheguem ao fim. Portanto, o impacto dos aumentos de custos é muito mais abrangente, e pode provocar um efeito contracionista em diversos outros segmentos. A solução para esse problema precisa, necessariamente, ser imediata, sob pena de uma reação em cadeia, com paralisação de obras diversas, aumento do desemprego e uma maior fragilização da economia nacional”, menciona.

Veja íntegra de análise sobre o INCC no Informativo do Banco de Dados da CBIC.

A iniciativa integra o projeto ‘Banco de Dados da Construção –  BDC’, realizado pela CBIC em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

(Imagem: A3 Construtora)

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Maio/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-RR
Sinduscon-PA
Ademi – PE
Sinduscom-NH
Ademi – MA
Sinduscon-PE
APEOP-SP
Sinduscon-GO
Sinduscon PR – Noroete
ASEOPP
Sinduscon-Porto Velho
Sinduscon-AM
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
yabancı film izle Tekne Kiralama betboo karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet vaporesso supertotobet Marsbahis maltcasino redwin vdcasino vdcasino giriş vdcasino sorunsuz giriş vdcasino yeni giriş Venüsbet betpark giriş betgaranti kolaybet diyarbakır escort escort istanbul mersin escort mecidiyeköy escort
X