Logo da CBIC

Agência CBIC

22/02/2021

Artigo: CBIC Jovem - A fomentação da liderança setorial do futuro

Luiz Henrique Ceotto é engenheiro civil, professor visitante na Poli-USP e consultor do estudo  ‘Transformação Digital na Indústria da Construção’ do Grupo CBIC Jovem 

Sabemos que o desenvolvimento de qualquer empresa, setor ou país depende fundamentalmente do desenvolvimento de sua liderança. É através da liderança nas organizações que ideias e invenções são transformadas em inovações, gerando aumento da produtividade e da riqueza. Sem liderança, boas ideias e invenções são perdidas e organizações passam a não contribuir para o desenvolvimento da economia.

O desenvolvimento de líderes tem sido discutido e pesquisado intensamente em todo mundo nas últimas décadas. Sua compreensão tem sido assunto apaixonante por estar ligado diretamente as complexas dimensões humanas. Uma das constatações mais intrigantes é de que líderes não são formados num processo de capacitação, mas emergem de processos de fomento. Existem inúmeros exemplos que pessoas capacitadas intensamente com todos os recursos possíveis e não se tornaram líderes. Muitos tornaram-se bons administradores e profissionais, mas não líderes. Muitas vezes tornaram-se bons inventores, mas não inovadores.

Mas afinal, o que é um líder? O que distingue um líder de bons administradores e bons profissionais?

Essa não é uma questão fácil de ser respondida. Basicamente existe um certo consenso de que as três capacidades fundamentais distinguem os líderes dos bons profissionais:

  • Capacidade de fomentar ambições coletivas
  • Capacidade de mostrar caminhos
  • Capacidade de negociação continua e persistente

A Ética é a 4ª capacidade que potencializa um líder moderno, embora vários grandes líderes do passado exerceram sua liderança sem demonstrar necessariamente essa capacidade.

Todo ser humano tem uma capacidade inata de ser um líder? Como a liderança acontece nas pessoas? O que a faz surgir? Essa é a parte mais complexa no estudo da liderança e ainda existem muito mais perguntas do que respostas. Mas uma constatação parece ser unanime: a liderança está ligada diretamente a formação da personalidade dos indivíduos. E a personalidade é formada nos primeiros 5 a 7 anos de idade. Assim, empresas e organizações não sabem a priori quem tem essa capacidade nem determinar quem será um líder. Cabe a elas fomentar, através de uma cultura empresarial fértil, o surgimento e crescimento da liderança nesses indivíduos.

No Brasil, a construção civil permanece a muito tempo como um dos setores de menor produtividade da economia e sua evolução está diretamente ligada ao surgimento de líderes setoriais. A CBIC como entidade maior do nosso setor, decidiu dar os primeiros passos. Resolveu focar suas ações nos jovens, fomentando a liderança num processo de trabalho prático e objetivo. A aposta é que no debate, na pesquisa e no trabalho em equipe multidisciplinar, haverá ambiente fértil para motivar o aparecimento desses futuros líderes. Iniciou-se esse trabalho montando grupos de jovens, para discutirem e desenvolverem temas de grande importância setorial, com períodos de duração de 2 a 3 anos. Esse programa foi denominado de CBIC Jovem e já está em seu segundo grupo.

O primeiro grupo foi formado por jovens que já trabalhavam em organizações ou empresas em suas regiões e foram indicados por diretores dessas organizações. Na maioria foram jovens filhos de empresários atuantes no ambiente sindical. Findo esse primeiro ciclo, no segundo grupo foi decidido ampliar a abrangência dos candidatos. Foi escolhido um grupo de 15 jovens selecionados por comissão interna da CBIC, dentre 140 inscritos de todas as regiões do Brasil. A maioria sem grandes contatos ou vínculos com a atividade sindical, com profissões e experiências diversas. O processo de seleção foi ativo, virtual (por internet), com desafios, entrevistas e debates de modo que os participantes pudessem demostrar bastante seu potencial para serem selecionados. A ideia foi aumentar ao máximo a diversidade de pensamento, conhecimento e áreas de atuação dos participantes de modo que as ideias que viessem desse grupo fossem as mais arejadas possíveis. Essa seleção terminou no final de 2019.

Iniciou-se os trabalhos com um processo de coaching e capacitação nos conceitos mais importantes de liderança. Paralelamente, iniciou-se o desenvolvimento de 2 temas importantes escolhidos pelo próprio grupo. Esses temas serão desenvolvidos e implantados durante a vigência do grupo.

Os temas escolhidos foram:

  • A criação de um “Chatbot” para uso por trabalhadores da Construção para facilitar a sua capacitação.
  • Matriz de avaliação do nível de digitalização das empresas e seu progresso ao longo dos anos.

Eu tive a sorte de ser escolhido para orientar esse grupo nesses 2 temas e o trabalho tem sido estimulante e um verdadeiro prazer. O processo de seleção se mostrou muito assertivo pois no grupo ferve entusiasmo, excelentes ideias, rapidez nas experimentações, velocidade nas soluções de problemas, além de grande comprometimento na evolução do grupo. No próximo artigo descreverei as interessantes ideias desenvolvidas e implantadas nesses temas bem como a evolução desses trabalhos.

*Artigos divulgados neste espaço são de responsabilidade do autor e não necessariamente correspondem à opinião da entidade.

 

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Março/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
SECONCI BRASIL
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
Ademi – ES
APEMEC
Sinduscon-Oeste/PR
Sinduscon-RS
Sinduscon-RR
Sinduscon-JF
Sicepot-PR
Sinduscon-TO
Sinduscon-MT
ASSECOB
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet diyarbakır escort escort istanbul mersin escort mecidiyeköy escort çeşme escort
X