Logo da CBIC

CBIC`s Agency

08/09/2014

Ações da construção só se recuperam no longo prazo

"Cbic"
08/09/2014

Exame.com

Ações da construção só se recuperam no longo prazo

A tarefa de recuperar os papéis de construtoras não será fácil, pois o mercado imobiliário está mais fraco neste ano

 Karin Sato e Circe Bonatelli

 São Paulo – Os papéis das empresas do setor de construção  ainda vão levar algum tempo para se recuperar na bolsa, refletindo o longo processo de reestruturação das companhias  e a deterioração dos fundamentos do setor.

 As incorporadoras já sanaram os atrasos de obras e estouros de orçamento, que não deverão se repetir nos empreendimentos lançados recentemente. No entanto, boa parte delas está com endividamento alto e lucratividade baixa devido aos erros nos projetos do passado, que só estão ficando prontos agora. Para os próximos meses, o desafio estará, portanto, em reduzir o volume dos estoques e gerar caixa.

 A tarefa não será fácil, pois o mercado imobiliário  está mais fraco neste ano. Há uma vasta oferta de imóveis e saldões promocionais, o que acirra a competição entre as empresas. Além disso, o ambiente econômico está mais desafiador, com baixo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e queda na confiança de consumidores, o que tem adiado a decisão de compra de imóveis.

 Esse desaquecimento pode ser visto nos dados da última pesquisa FipeZap . O valor médio dos imóveis residenciais no país subiu 9,9% nos últimos 12 meses encerrados em agosto. O mês de agosto foi o nono consecutivo de queda na aceleração, que se iniciou em dezembro, quando o indicador estava em 13,8%.

 "Estamos em meio a um processo de ajuste macroeconômico, com possível piora do nível de emprego e do índice de inadimplência. Podemos esperar mais ajustes, dadas as dificuldades pelas quais o país está passando", avalia Jorge Simino, diretor de Investimentos e Patrimônio da Fundação Cesp. "O setor tende a se recuperar, mas vai demorar, não diria que é para já", completou.

 O analista do banco JPMorgan, Marcelo Motta, acredita que as empresas que atuam dentro do programa Minha Casa, Minha Vida, como MRV e Direcional, podem se beneficiar da ampliação do programa nos próximos anos.

 Dentre os candidatos à Presidência da República com maior chance de vitória de acordo com as pesquisas de intenção de voto, Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB) planejam ampliar a meta de contratação para 3 milhões e 4 milhões de moradias, respectivamente, entre 2015 e 2018.

 "É importante sinalizar aos investidores, porém, que qualquer programa habitacional destinado à população de baixa renda é muito dependente de subsídios do governo", afirmou Motta, em relatório do banco.

 "E dada a situação fiscal (de aperto) do governo, nós acreditamos que 4 milhões de unidades vão representar um desafio significativo", alertou.

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

27oct10:0012:00Reunião da Comissão de Política de Relações Trabalhistas - CPRT / CBIC10:00 - 12:00 Via Zoom

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-MA
Sinduscon-AP
Sinduscon-PE
Sinduscon-RO
SINDUSCON – SUL
APEOP-PR
Sinduscon – Vale do Piranga
Sinduscon-TO
Sinduscon-RS
Sinduscon PR – Noroete
Sinduscon-JF
Sinduscon Anápolis
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X