Logo da CBIC

CBIC`s Agency

29/09/2014

A CNI e a FGV mostram o recuo da construção civil

"Cbic"
29/09/2014

Economia & Negócios – Agência Estado

A CNI e a FGV mostram o recuo da construção civil

A Sondagem Indústria da Construção, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e a Sondagem da Construção, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostraram o enfraquecimento de um dos mais importantes segmentos da atividade econômica, responsável por cerca de 40% dos investimentos em capital fixo e pelo emprego de milhões de trabalhadores. Nos dois levantamentos, evidencia-se não só a queda do nível de atividade e do emprego, como a redução dos índices de confiança dos empresários na retomada.

Segundo a CNI, o ritmo de atividade da construção é o menor desde 2009, quando a pesquisa foi iniciada. Todos os indicadores mostraram queda entre agosto e setembro. Numa escala em que os 50 pontos separam o otimismo do pessimismo, as expectativas relativas a compras de insumos e matérias-primas registraram 47,5 pontos; ao número de empregados, 47,7 pontos; ao nível de atividade, 48,4 pontos; e a novos empreendimentos e serviços, 48,5 pontos. Os índices de evolução efetiva foram ainda piores: o nível de atividade ficou em 43 pontos; a atividade em relação à usual, em 41,4 pontos; e o uso da capacidade instalada cedeu de 69%, em julho, para 67%, em agosto. A queda do índice relativo ao número de empregados, para 43,5 pontos, alimenta o temor de demissões.

O Índice de Confiança da Construção (ICST) da FGV recuou 12,3% entre os últimos 12 meses e os 12 meses anteriores e é o menor da série histórica, superando muito a queda de agosto (-9,9%). No ICST, o índice de expectativas caiu mais que o da CNI, de -11,7%, em agosto, para -16,8%, em setembro. Pelo critério de situação atual, houve declínio abrupto em setembro, com o índice trimestral caindo de -6% para -11,3%. Das 702 empresas consultadas, 25,6% acusaram diminuição da atividade e apenas 16,2% constataram aumento da atividade no trimestre julho/setembro.

A atividade da construção civil reflete a demanda de moradia, edifícios comerciais e investimentos em obras de infraestrutura. É um bom indicador da saúde da economia. E esta, como se vê no último Boletim Macro do Ibre, da FGV, está patinando. Entre o segundo e o terceiro trimestres, caíram o PIB industrial, o PIB agrícola, o investimento, as exportações e as importações. O consumo das famílias cresceu apenas 0,2% e o consumo do governo aumentou 1,2%. A construção civil, com queda trimestral de 0,9% e projeção de -5,2% entre 2013 e 2014, segundo o Ibre, puxa o PIB para baixo.

 


"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

26oct10:0011:30Webinar - Ciclo de Debates Regionais - Nova Lei Geral do Licenciamento Ambiental – Região Sudeste10:00 - 11:30 Via Zoom

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscom-SL
Ademi – DF
Sinduscon – Lagos
Sinduscon-AM
Sinduscon Sul – MT
Ademi – MA
Sinduson – GV
Ademi – PR
Sinduscon PR – Noroete
Sinduscon-MT
ADEMI – BA
Sinduscon-Porto Velho
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X