Logo da CBIC

Agência CBIC

16/12/2020

Salvador licenciará obras de projetos desenvolvidos em BIM

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo de Salvador (Sedur) se prepara para licenciar obras, cujo o projeto arquitetônico tenha sido desenvolvido em Building Information Modelling (BIM). Para tal, foi desenvolvido um sistema inteligente que permite o recebimento, análise e emissão de Licenças de forma 100% digital. A plataforma foi apresentada nesta quarta-feira (16), durante o BIM Fórum Brasil sobre ‘Análise Automatizada de Projetos em Industry Foundation Classes (IFC) para Licenciamento de Obras’.

Com mediação do especialista em BIM, Rogério Suzuki, o evento contou com as participações da diretora de Desenvolvimento Urbano da Sedjur, Jealva Ávila Lins Fonseca, e do diretor da Torch Engenharia, engenheiro Ricardo Torreão Teixeira. A Torch é a empresa responsável pelo desenvolvimento tecnológico da plataforma.

“Há 30 dias começamos a fazer a divulgação da plataforma do licenciamento para obras e projetos desenvolvidos em BIM, meta estabelecida há quatro anos para colocar a cidade em outro patamar”, frisou Jealva Ávila Lins Fonseca.

Os estudos para desenvolvimento do sistema foram iniciados em 2016 e contemplaram:

  • 144 processos/fluxos foram mapeamentos, otimizados e reestruturados;
  • 106 parâmetros urbanísticos do PDDU E LOUOS foram objetivados para banco de dados GIS (Geographic Information System);
  • 213 parâmetros do PDDU E LOUOS foram objetivados para banco de dados BIM

A nova plataforma visa proporcionar melhorias no âmbito dos processos de aprovação de projetos pela prefeitura de Salvador, bem como fomentar avanços no setor imobiliário por ela abrangido.

A partir da simplificação dos procedimentos operacionais de solicitação, tramitação e análise dos projetos e processos, a plataforma impulsiona a economia e promove mais dinamismo no mercado da construção civil e de empreendimentos imobiliários.

Entre os benefícios relacionados ao uso da nova plataforma, é possível destacar:

  • Redução de até 90% do tempo de análise dos empreendimentos: 60 dias para emissão de alvarás dos projetos de alta complexidade;
  • Solução customizada e inteligente;
  • Automatização de análises objetivas;
  • Melhoria do ambiente de negócios no setor imobiliário e da construção civil;
  • Maior atratividade econômica para o município;
  • Licenciamento ágil antecipará a arrecadação decorrente da operação do empreendimento;
  • Qualidade na análise dos projetos;
  • Transparência e simplificação dos processos;
  • Redução de custos operacionais; entre outros.

Na avaliação de Rogério Suzuki, o processo é um grande exemplo a ser seguido pelo Poder Público e divulgado pelos entes privados, para que todos entendam o real valor do BIM.

O tema tem interface com o projeto ‘Inovação e Tecnologia’ da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) com correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

Conheça mais sobre a plataforma,
no Canal do BIM Fórum Brasil
.

(Com informações do BIM Fórum Brasil)

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Outubro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-AP
Sinduscon-PR
Sinduscon-BA
Sinduscon-PA
Sinduscon-SF
Sinduscon Chapecó
Sinduscom-VT
Sinduscon Anápolis
Sinduscon-MT
ASEOPP
Sicepot-RS
Sinduscon-Mossoró
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
X