Logo da CBIC

Agência CBIC

15/04/2011

Pleno emprego nos canteiros

 

15/04/2011 :: Edição 079

Jornal Coletivo/BR – 15/04/2011
pleno emprego nos canteiros

Geração de
postos de trabalho formais na construção civil acompanha o crescimento do
setor, que vive um bom momento no DF e em todo o País

EVELIN CAMPOS 

Responsável
por constantes recordes de contratação, a construção civil continua crescendo
em todo o País. Com a previsão do mais forte desempenho no setor desde 2007 e
tendência de crescimento na faixa de 20% a 25% este ano, o aumento no número de
vagas é iminente. Só no DF foi registrado aumento de 40% na geração de empregos
formais nos últimos quatro anos, segundo dados do Sindicato da Indústria da
Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF). “Em Brasília, o cenário é
de pleno emprego. E o momento é de contratação, pois na região há o princípio
da sazonalidade: em épocas de seca são contratados mais profissionais para
trabalhar em obras que estavam paradas ou em ritmo lento devido às chuvas”,
afirma Elson Ribeiro e Póvoa, presidente do Sinduscon-DF.

A Pesquisa de Emprego e Desemprego no DF, do Dieese, reforça o crescimento ao
revelar que, de fevereiro do ano passado a fevereiro deste ano, cinco mil novos
postos de trabalho foram preenchidos em  Brasília, totalizando 68 mil
contratações só em fevereiro último. Outro dado positivo é  a capacitação
desses profissionais, que vai desde a alfabetização à  qualificação.

Paulo Muniz, diretor superintendente da Conbral, diz que o crescimento das
facilidades na compra de imóveis provocou aumento na demanda, o que levou ao
aquecimento da construção civil e à necessidade de profissionais para o setor.
“A construção no Brasil teve um período de 20 a 25 anos de estagnação e ritmo
lento. A retomada dos financiamentos imobiliários, a aplicação da alienação
fiduciária aos imóveis e a concessão de crédito imobiliários por bancos
privados contribuíram para o crescimento do setor no País”.

O número de profissionais contratados pela Conbral varia conforme a quantidade
de empreendimentos em construção. Atualmente a estimativa é de 600 homens
trabalhando, mas Paulo acredita que esse número pode chegar a mil trabalhadores
por obra.

Outro fator que aumenta a demanda por mão de obra é o aquecimento da economia
no País, pois as pessoas sentem mais segurança para fazer reformas ou comprar
uma casa, com a ampliação das condições de crédito e financiamento. Por outro
lado, a diminuição na contratação de obras públicas por determinação do governo
federal reduz alguns postos de trabalho.

Muitas vagas
para poucos profissionais
 

“O setor está
muito carente de mão de obra capacitada e isso causa atrasos em todo o processo
produtivo da construção civil”, aponta Elson Ribeiro e Póvoa. A Confederação
Nacional da Indústria (CNI) revelou, em pesquisa feita com 375 empresas do
setor, que 68,4% dos empresários entrevistados classificam a falta de
trabalhadores qualificados no mercado entre as três maiores dificuldades da
construção civil.

Além da formação de novos profissionais, Elson acredita que há necessidade de
qualificação de profissionais que já estão no mercado, por meio da realização
de cursos técnicos. A política de capacitação constante já faz parte do
cotidiano de muitas construtoras no DF. Na Conbral, por exemplo, os
profissionais contratados podem progredir na carreira. “Procuramos qualificar
nossos funcionários porque é uma política da empresa”, conta Paulo Muniz.


O mestre de obras Francisco Adriano de Sousa, 36 anos, foi contratado como
servente pela Conbral em maio de 1999 e desde então recebeu três promoções. O diretor
da Conbral diz, no entanto, que a falta de profissionais é uma realidade em
todo o processo construtivo no setor.


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  


"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

22Jan16:0017:30Reunião com a CAIXA: Apresentação Técnica das Melhorias e Respostas às Dúvidas Existentes16:00 - 17:30 Virtual

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon-MT
Sinduscon-PE
Ademi – SE
Sinduscon-Joinville
Sinduscon-SM
Sinduscon – CO
Sinduscon-SE
Sinduscon-BA
Sinduscom-SL
Sinduscon PR – Noroete
APEMEC
Sinduscon-Caxias
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme retrobet epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X