Logo da CBIC

Agência CBIC

18/04/2011

Para além dos limites

 

18/04/2011 :: Edição 080

Jornal Diário do Comércio/BR – 16/04/2011
para além dos limites

Em recente encontro com empresário do setor de construção, a ministra do
Planejamento, Miriam Belchior, anunciou novas e mais ambiciosas metas para o
programa "Minha casa minha vida",
que já financiou mais de 1 milhão de moradias,
destinadas principalmente à população de baixa renda, e tem como meta dobrar
este número, o que deve acontecer até 2014. Informações do governo federal dão
conta de que os investimentos em habitação já somavam, no final de 2010, R$ 250
milhões. Destes, R$ 52,8 milhões foram aplicados diretamente através do "Minha casa minha vida",
reconhecido como a mais ambiciosa iniciativa neste campo já realizada no país.

Trata-se de um avanço reconhecido e proclamado, com impacto direto na
melhoria das condições de vida da população mais pobre, assim como na ampliação
da geração de empregos e no incremento de toda a cadeia da construção civil.
Representa também oportunidade para que se redirecione, melhorando, o processo
de ocupação dos espaços urbanos no país, talvez para marcar o início de um
processo de remoção das favelas nas grandes cidades brasileiras. Neste sentido,
importaria mais a qualidade que propriamente a quantidade.

A administração pública, no entanto, parece continuar focada em números,
conforme sugere reportagem publicada esta semana pelo jornal "Estado de
Minas" e relativa a um conjunto habitacional construído em Governador
Valadares, dentro do programa. Por coincidência, o mesmo conjunto inaugurado
pelo então presidente Lula e pela então candidata Dilma Rousseff em fevereiro
do ano passado. Depois de pouco mais de um ano, ele está parcialmente
interditado, relata o jornal, e com algumas unidades, inclusive a visitada pelo
então presidente e sua comitiva, já demolidas. Por mais incrível que possa
parecer, o conjunto, concebido para permitir a remoção de moradores de uma área
de risco, foi também construído em área de risco.

O custo estimado das moradias
agora interditadas é de R$ 18 milhões e, já no mês de dezembro, a moradora da
casa visitada por Lula e Dilma foi convidada a se retirar porque, segundo a
prefeitura local, o imóvel poderia desabar, em virtude das chuvas. A anfitriã
do ex-presidente, cujo sonho da casa própria durou tão pouco, está agora
incluída num programa social de auxílio-aluguel. Segundo a Prefeitura de
Governador Valadares, todas as casas correm risco nos períodos de chuvas.

Diante do relatado, pouca coisa resta a acrescentar, senão uma manifestação
da mais completa indignação. Tamanha inconsistência, tamanho descaso, tanto com
relação à sorte das populações menos favorecidas quanto ao uso de recursos
públicos, não pode ficar sem resposta.


"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  


"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Ademi – RJ
Sinduscon-ES
ADEMI – BA
Sinduscon – Vale
APEOP-PR
Sinduson – GV
ASEOPP
Sinduscon-DF
Sinduscon-SF
Sinduscon-AM
Sinduscon PR – Noroete
Sinduscon-TO
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X