Logo da CBIC

Agência CBIC

07/10/2021

“Meu negócio sobrevive sem o uso do BIM” será painel no Enic

A Modelagem de Informação da Construção (Building Information Modeling – BIM, em inglês) é o alicerce da transformação digital no setor de arquitetura, engenharia e construção. O conceito já é realidade no mercado e na vida dos profissionais envolvidos na construção civil e tem mudado a forma com que as empresas percebem os custos e projeções de uma obra. Contudo, esta inovação ainda encontra resistência dos agentes da cadeia produtiva.

A implementação do BIM requer uma mudança de cultura nos métodos e relacionamento entre arquitetos, projetistas, consultores, contratantes e construtores. Neste aspecto, o desafio é reunir informações multidisciplinares sobre o empreendimento desde a concepção até as fases de uso e manutenção, incluindo todos os agentes participantes na concepção do projeto.

Em entrevista para o portal da CBIC, Wilton Catelani, Presidente BIM Fórum Brasil, explicou que, segundo consultorias internacionais, 70% dos empreendimentos de construção de edificações têm atrasos na entrega e 73% acabam custando mais do que seus orçamentos, com desperdício de recursos e acidentes de trabalho.

O desafio da implementação do BIM para mitigar ou corrigir tais falhas exige esforço da gestão e planejamento. “Numa situação ideal, precisaríamos criar uma ´instituição´ cuja estrutura de governança não permita o domínio de sua direção por nenhum grupo específico, que pudesse realmente representar os vários atores da cadeia produtiva”, explicou Castelani ao portal da CBIC.

Outro ponto de atenção no quesito de implantação da tecnologia é a correta compreensão da ferramenta e com os seus reais benefícios. A exemplo, a  impressão equivocada de que o BIM seria um substituto do CAD, quando na verdade, é uma inovação tecnológica complexa, capaz de alterar o processo do projeto.

A literatura destaca que diferentes modelos de BIM podem ser desenvolvidos, de acordo com os usos e propósitos dos projetos. Em suma, diferentes modelos seriam desenvolvidos em fases específicas do ciclo de vida de um empreendimento e podem melhorar o fluxo de trabalho, otimizar o planejamento com a programação de execução dos serviços, garantindo precisão e qualidade do projeto, entre outras questões.

Para Dionyzio Antonio Martins Klavdianos, presidente da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (COMAT) da CBIC, “no momento em que competitividade e produtividade são atributos ainda mais importantes para o bom desempenho, explorar as potencialidades do BIM é uma decisão estratégica para alta performance.”

Painel Enic – No dia 20 de outubro, às 17h, o 93º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), vai apresentar o painel ‘Meu Negócio Sobrevive sem o Uso do BIM?’, com André Quinderé, Jefferson Dias Santos, Ricardo Mateus, Wilton Catelani, Dionyzio Antonio Martins Klavdianos. Dentro do debate, os convidados vão elucidar como o BIM pode garantir a continuidade e prosperidade dos negócios.

Nesta edição, o Enic será na palma da sua mão. É o maior evento da indústria da construção na tela do seu celular – online e gratuito! Para se inscrever basta se cadastrar no link!

O 93º Enic é uma realização da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e conta com apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional) e de entidades do setor, com patrocínio do Sebrae, OrçaFascio, Konstroi, Agilean, Brain Inteligência Estratégica, Mútua e Predialize.

*Coletânea implementação do BIM para construtoras e incorporadoras, volume 2.

 

Agenda de Eventos e Transmissões

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
FENAPC
Sinduscon-Costa de Esmeralda
Sinduscon-SF
Sinduscon-AP
Sinduscom-NH
Sinduson – GV
Sinduscon – Vale do Piranga
Sinduscon-SP
Sinduscon Anápolis
Assilcon
Sinduscon – Vale
Sinduscon Chapecó
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC