Logo da CBIC

Agencia CBIC

19/03/2018

CBIC no 8º Fórum Mundial da Água: setor da construção participa do Water Business Day, uma das ações empresariais do 8º Fórum Mundial da Água

Reunir soluções inovadoras com recomendações do setor empresarial para garantir o uso sustentável da água foi um dos principais objetivos do Water Business Day, realizado ontem (18/03), em Brasília, e cujas recomendações serão apresentadas e debatidas com representantes da academia, de governos, de organizações multilaterais e de organizações da sociedade no Dia Mundial da Água, próximo dia 22 de março, durante sessão especial do 8º Fórum Mundial da Água. Pioneiro, no âmbito do evento mundial, o Water Business Day consolidou as recomendações dos participantes, que defendem, entre outras, a regulação adequada, a disponibilidade e melhoria dos dados e informações sobre bacias hidrográficas e a colaboração e participação na gestão da água como prioridades para garantir a disponibilidade de água em quantidade e qualidade adequadas.

Participaram da construção do documento, lideranças empresariais e representantes de associações setoriais, federações de indústria e organismos internacionais. A indústria da construção esteve presente, representada pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio do presidente da sua Comissão de Meio Ambiente (CMA), Nilson Sarti. Ao avaliar a importância do Water Business Day e da água no core business das empresas, Sarti destacou a importância do evento para o setor empresarial e alertou que “não se pode mais pensar em água apenas para dentro das empresas – na redução, na reutilização e na sua reciclagem –, mas em toda a cadeia de fornecedores, na comunidade e nas micro e macro bacias que fornecem a água. A matriz de risco é imensa, porque não se faz nada sem água. Água é saúde, mas é finita”. A participação da CBIC no 8º Fórum Mundial da Água conta com a correalização do Senai Nacional.

“A estabilidade no fornecimento de água depende de investimentos públicos e privados em inovação e de encorajar empresas a se envolverem em ações mais ambiciosas para isso”, destacou o presidente do Conselho de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Marcos Guerra, ao ressaltar que a segurança hídrica é o principal desafio de sustentabilidade nos próximos anos e que, para o avanço dessa agenda, é importante ter ambiente favorável aos investimentos.

“Também é preciso avançar na agenda de saneamento, na qual tem-se grande dívida com o povo e com o país”, completou a presidente do Cebds, Marina Grossi, que enfatizou a importância de o setor empresarial defender a eliminação de barreiras ao uso de novas tecnologias, como de reuso e do consumo de água na indústria e na agricultura. A presidente da BRK Ambiental, Teresa Vernaglia, reforçou que a falta de regras claras e uniformes inibem os investimentos em saneamento. Segundo ela, a BRK Ambiental está presente em 12 estados e lida com 18 agências regulatórias, cada uma com suas próprias normas. Como solução para o problema de universalização do saneamento, propõe que o modelo siga o que foi feito com o fornecimento de energia e serviços de telecomunicações. “É preciso unificar a regulação”, defendeu.

O secretário executivo da Rede Brasil do Pacto Global da ONU, Carlo Pereira, afirmou que as empresas são as principais parceiras de governos em todo o mundo na superação dos desafios de segurança hídrica. No entanto, a questão da água precisa ter mais relevância nas decisões de negócios, pois, segundo Pereira, o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 6 da ONU, que trata de garantir água em quantidade e qualidade adequada às populações, não é percebido entre as prioridades das empresas quando se compara com outros objetivos. “Isso ocorre mesmo quando o próprio Fórum Econômico Mundial cita, desde 2012, a questão de escassez hídrica como dos principais desafios para os negócios.”

O Water Business foi realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (Cebds) e Rede Brasil do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU).

(Com informações da CNI)

COMPARTILHE!

Agenda de la construcción

noviembre, 2019

Filtrar eventos

lun

mar

mie

jue

vie

sab

dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

19nov09:0012:20WORKSHOP GOVERNANÇA METROPOLITANA

Eventos

Socios y Entidades Confederadas

Socios

 
Sinduscon-Rio Grande
ASBRACO
Sinduscon-SP
Sinduscom-VT
AEOPE
Sinduscon-Oeste/PR
Sinduscon-PE
Sinduscon-Joinville
Sinduscon Sul – MT
Sinduscon-MG
SECOVI-PR
AEERJ – Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro
 

Marque aquí y consulte a nuestros socios

Entidades Confederadas

 
CICA
CNI
FIIC
 
X