Logo da CBIC

CBIC`s Agency

15/03/2021

Obras registram ligeiro aumento de casos de Covid-19  

Os casos suspeitos de contaminação pela Covid-19 nos canteiros de obras do Estado de São Paulo se elevaram de 0,40% para 0,45% do número de trabalhadores; e os casos confirmados, de 0,13% para 0,23%. Foi o que mostrou 42ª Pesquisa ‘Conhecendo as Ações das Construtoras Paulistas no Combate à Covid-19’, realizada semanalmente pelo Sindicato da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP).

De acordo com os presidentes do SindusCon-SP, Odair Senra, e do Seconci-SP, Haruo Ishikawa, diante do atual estágio crítico da pandemia, é necessário redobrar os cuidados com a prevenção nas obras e reforçar as recomendações em relação aos trajetos dos que utilizam transporte público.

“Usar e descartar corretamente as máscaras, não levar as mãos ao rosto, higienizar as mãos e os Equipamentos de Proteção Individual com frequência, manter as áreas de vivência bem arejadas, realizar reuniões em local aberto e com distanciamento são algumas das medidas que requerem cuidados e atenção constantes”, recomendam Senra e Ishikawa.

Nesta 42ª rodada, foram obtidas respostas de 42 empresas, responsáveis por 531 obras, envolvendo 34.888 empregos diretos e terceirizados, de 4 a 10 de março.

Principais resultados da 42ª Pesquisa:

  • 0,45% afastados por suspeita de Covid-19;
  • 0,23% afastados por confirmação da doença;
  • 530 obras em andamento e 1 parada;
  • 97% do pessoal estão em atividade;
  • 100% das empresas adotam medição de temperatura e higienização das mãos, dão orientações diárias sobre prevenção, e higienizam e realizam demarcações em áreas de vivência;
  • 98% orientam sobre limpeza dos Equipamentos de Proteção Individual e afixam informativos impressos sobre a Covid-19 nos locais de circulação;
  • 95% fornecem máscaras para o transporte e para utilização na obra;
  • 93% realizam limpeza de EPIs e ferramentas e instituem horários escalonados para entrada, saída e refeições;
  • 91% distribuem divulgam aos trabalhadores cartazes e vídeos de orientação do SindusCon-SP e do Seconci-SP;
  • 89% divulgam informativos eletrônicos sobre a Covid-19 e realizam outras práticas para a prevenção da contaminação entre os trabalhadores e a comunidade.

Os presidentes do SindusCon-SP e do Seconci-SP reafirmam o convite para mais empresas com obras no Estado de São Paulo participarem das próximas rodadas; basta enviar um e-mail para [email protected] e o Seconci-SP entrará em contato para incluir a construtora na enquete. As entidades garantem sigilo absoluto sobre as informações prestadas.

Veja os relatórios completos das rodadas da pesquisa:

Essa matéria integra o Mapeamento de Boas Práticas em Responsabilidade Social no setor da construção durante a pandemia do coronavírus dentro do ‘Projeto Responsabilidade Social e a Valorização do Trabalhador’, realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em correalização com Serviço Social a Indústria (Sesi Nacional).(Com informações da Ademi-AL).

Construction Agenda

Partners and Affiliations

Partners

 
ASBRACO
SECOVI-PR
Sinduscon-PLA
Sinduscon-MG
Sinduscon-JF
Ademi – ES
Sinduscon-TO
Sinduscom-NH
Assilcon
Sinduscon-Norte/PR
Sinduscon-Brusque
APEOP-SP
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC