Logo da CBIC

CBIC`s Agency

24/10/2019

Membros da Comat tiram dúvidas sobre ABNT de Edificações Habitacionais

Fabio Villas Bôas que atualmente é responsável por coordenar a revisão da ABNT NBR 15.575: 2013 – Edificações Habitacionais – Desempenho, apresentou um painel sobre o tema e tirou as dúvidas dos membros da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat), da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). O painel aconteceu dentro da reunião da comissão realizada nesta quarta-feira (24), na sede do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

Em sua apresentação, Vilas Bôas explicou que um workshop para apresentação das propostas da revisão da ABNT NBR 15.575: 2013 está sendo preparado para o dia 13 de novembro, em São Paulo, onde as mudanças serão apresentadas. “A reunião tem objetivo de debate, vamos levar nossas proposições, por isso é importante reforçar que o escopo final ainda não está definido”, explicou.

Vilas Bôas explicou qual objetivo do workshop, já que os requisitos da norma permanecem os mesmos e os critérios também. “O que pretendemos mostrar no workshop do dia 13 é que vamos aumentar a segurança e facilitar o método de avaliação, com resultados absolutamente conclusivos, dando parâmetros seguros ao mercado, que possam ser utilizados. Lembrando que isso não é a norma propriamente ainda, estes serão encontros para validação e só depois vamos para as reuniões efetivas de trabalho”, frisou.

O coordenador da revisão da norma destacou que vários critérios ouvidos nas reuniões preliminares foram incorporadas à nova proposta. “Uma das considerações feitas pelos participantes trata sobre a questão de padrão mínimo, intermediário e superior, que está sendo proposta a alteração. Vamos criar não somente uma mudança em relação a isso, mas criar mais níveis, o que será um diferencial competitivo que permitirá que o mercado evolua na parte acústica, por exemplo”.

O formato do workshop, que terá os assuntos térmico, lumínico e acústico na pauta, será realizado no auditório da escola politécnica de São Paulo, foi detalhado por Vilas Bôas. “Estamos prevendo uma hora de apresentação dos relatores, depois de uma hora para debates. Vão poder participar aqueles que se inscreveram após reunião da revisão da norma nos grupos de trabalho de revisão da norma”, afirmou.

Alguns assuntos, como durabilidade, não estão preparados para apresentação, segundo Vilas Bôas. “Este é um tema complexo para aplicação na prática. Principalmente no que diz respeito às questões jurídicas. O assunto ainda precisa ser estudado e vai ser apresentado em um segundo momento”.

O presidente da Comat/CBIC, Dionizio Klavdianos, disse que a norma de desempenho é o assunto número um do setor e destacou a importância do debate sobre o tema. “O foco do painel era a maturação de propostas para enriquecimento do debate da revisão da norma, tão importante para nosso setor”.

Confira a íntegra da apresentação na página da CBIC no Youtube: http://bit.ly/canalcbic

O painel e o debate têm interface com o projeto Inovação e Tecnologia, iniciativa da CBIC com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

 

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-ES
Ademi – AL
Sinduscon-MA
Sinduscon-Norte/PR
Sinduscon-MS
Ademi – ES
Sinduscon-RR
Sinduscon Anápolis
Sinduscon-BC
Sinduscon-RS
SECONCI BRASIL
Sinduscon – Vale do Piranga
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
X