Evento 92° ENIC 2020 - 100% Online | Inscreva-se já!
Logo da CBIC

CBIC`s Agency

02/03/2015

Cortes em Minha Casa Melhor chegam ao varejo

"Cbic"
02/03/2015

Brasil Econômico – 02 de fevereiro

Cortes em Minha Casa Melhor chegam ao varejo

Rodrigo Carro

Cortes em Minha Casa Melhor chegam ao varejo

Papéis do Magazine Luiza e da Via Varejo sentem os efeitos negativos da suspensão de novos financiamentos em programa governamental para estimular compra de móveis e eletrodomésticos

A suspensão do programa governamental Minha Casa Melhor, criado em 2013 para financiar a compra de móveis e eletrodomésticos, atingiu em cheio os papéis de redes varejistas na sessão da última sexta-feira da BM&FBovespa. As ações do Magazine Luiza amargaram desvalorização de 7,59%, fechando no patamar de R$ 6,08, enquanto as da Via Varejo recuaram 5,58% e terminaram o dia cotadas a R$ 16,90. Ambas as empresas informaram que a interrupção de novos financiamentos do programa – que é parte do Minha Casa Minha Vida – tem efeito muito limitado sobre suas vendas. Para analistas, a decisão do governo federal é apenas mais um fator negativo num cenário macroeconômico francamente desfavorável que já vem punindo os varejistas.

Dentro do Minha Casa Melhor, a Caixa Econômica Federal oferece aos beneficiários do programa habitacional uma linha de crédito subsidiado de até R$ 5 mil, a juros anuais de 5% e prazo de 48 meses. "O ambiente atual é muito negativo para o consumo das famílias. A suspensão é um ponto adicional nesse cenário", justifica Rodrigo Baggi, analista responsável pelos setores de comércio varejista e crédito da Tendências Consultoria. "Havia desde o início do programa [Minha Casa Melhor] uma escassez de demanda por créditos que foi se acentuando ao longo de 2014", acrescenta ele, minimizando a importância da suspensão de novos financiamentos.

CEO da companhia, Marcelo Silva informou que "o efeito da suspensão do programa é baixo para o Magazine Luiza, já que, atualmente, representa cerca de 1% das vendas". A expectativa de Silva é que o programa seja retomado em breve. Na última quinta-feira, a rede varejista anunciou um incremento de 18,7% na receita bruta em 2014, que atingiu R$ 11,5 bilhões. Já o lucro líquido do Magazine Luiza no ano passado alcançou R$ 128,6 milhões, uma expansão de 81,8% em relação a 2013. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado cresceu 47% em 2014, na comparação com o ano anterior. "A rede não tem muita exposição nos estados em que o Minha Casa Minha Vida é forte. Ainda está muito concentrada no interior de São Paulo", diz Daniela Martins, analista da Concórdia Corretora. Para 2015, a companhia projeta a abertura de 50 novas lojas, como parte de um plano de expansão focado na região Nordeste.

A Via Varejo informou por meio de comunicado que "os itens comercializados referentes ao programa Minha Casa Melhor têm uma participação pequena no volume total de vendas da empresa e respondem por menos de 0,5%". Segundo a companhia, o percentual reduzido de participação se deve à especificidade da cesta de produtos. E, também, à demanda pontual de acordo com a região onde o programa do governo foi implementado. Ainda em relação à suspensão, a Via Varejo destacou que suas "linhas de crédito para baixa renda continuam disponíveis e as modalidades incluem pagamento no carnê e parcelado no cartão de crédito (próprio/private labei) ou demais cartões."

"A Via Varejo tem uma rede de lojas muito pulverizada, o que tende a diminuir o impacto [da paralisação na concessão de novos financiamentos]", argumenta Daniela, da Concórdia. "A suspensão deve afetar redes menores, de atuação regional". O consumo das classes C e D deve sofrer o maior impacto negativo decorrente do cenário macroeconômico diverso, sustenta a analista, para quem uma medida como o corte das linhas de crédito subsidiado para a compra de móveis e eletrodomésticos deixa o consumidor inseguro.

"Apesar de a companhia [Magazine Luiza] afirmar que os impactos das medidas serão baixos, pesa sobre a confiança do consumidor – já abalada pela retração da atividade econômica – principalmente das classes mais baixas, foco de atuação da companhia", resumiu Daniela, em relatório distribuído a clientes da corretora.

A Via Varejo informou que o programa tem uma participação pequena no volume total de vendas menos de 0,5%. No Magazine Luiza, ele representa cerca de 1% das vendas



"Cbic"

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

december/2020

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-AM
Sinduscon-DF
Sinduscon-Pelotas
SECOVI-PR
SECOVI-SP
Sicepot-PR
Sinduscon – Grande Florianópolis
Sinduscon-CE
ASBRACO
Sinduscom-NH
Sinduscon – Lagos
Sinduscon – Foz do Rio Itajaí
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme vaporesso diziizlepaylas betpark giriş betgaranti kolaybet oleybet diyarbakır escort escort istanbul escort izmir
X