Logo da CBIC

Agência CBIC

08/11/2010

Construção civil avança e desponta na Bolsa

CBIC Clipping

08/11/2010 :: Edição 005

Jornal O Globo|   08/11/2010

 
Construção civil avança e desponta na Bolsa

Setor acumula valorização três vezes maior do que o Ibovespa no ano. Analistas alertam para gargalos

 Bruno Villas Bôas

 O setor de construção civil voltou a chamar a atenção dos investidores este ano com um dos melhores desempenhos da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Os papéis do setor valorizaram-se mais de 20% de janeiro ao fim de outubro, três vezes mais que o Ibovespa no período, índice que serve de termômetro do mercado. E analistas garantem que o setor tem fôlego para novos ganhos nos próximos meses, embora alertem para riscos de gargalos de mão de obra e a forte volatilidade dos papéis.

 De 15 carteiras de ações recomendadas por corretoras para novembro, os papéis do setor aparecem em 14 delas. O destaque fica para a PDG Realty, preferida em seis carteiras. Na sequência surgem Brookfield (quatro recomendações), Gafisa e Eztec (três em ambas).

 Segundo analistas, as empresas de construção seguem com bom potencial de crescimento na Bolsa graças ao aumento do emprego formal (o que dá aos trabalhadores acesso a crédito), elevação da massa salarial e demanda ainda aquecida. Eles lembram que o crédito habitacional responde por apenas 4% do PIB brasileiro. Essa relação seria acima de 10% em países como México e Chile, por exemplo.

 – O crédito imobiliário vai aumentar e ainda existe muito espaço para crescimento desse mercado a médio e longo prazos. Os papéis já cresceram e vão crescer mais – afirma Álvaro Bandeira, diretor da Ágora Corretora.

 Investidores têm dificuldade para acompanhar setor Os papéis da construção representam 9% da carteira teórica do Ibovespa, com seis ações listadas. E, por isso, tornaram-se uma presença quase obrigatória nas carteiras das corretoras, embora tenham uma volatilidade acima da média na Bovespa.

 Segundo Bandeira, essa volatilidade estaria ligada às dificuldades de investidores de acompanhar o mercado. Por isso, ele recomenda que o investidor evite ter uma participação grande do setor na carteira de investimentos: – É um setor relativamente novo na Bolsa e de análise complexa. Quando incorporadoras compram terrenos e lançam imóveis, o caixa vai para o negativo. Quando entregam as chaves, volta ao positivo. É preciso saber separar o que é momento e o que é problema.  Nas últimas semanas, construtoras divulgaram a prévia de seus resultados operacionais.

 Os dados vieram positivos e o setor ajudou a Bovespa a voltar a um patamar próximo dos 73 mil pontos, o que não acontecia desde 2008. Os balanços financeiros do terceiro trimestre serão divulgados nestas quinta e sexta-feiras.  O administrador André Vodopives tem ações da PDG Realty na carteira há 18 meses.

 No período, os papéis se valorizaram 120%. Ele acredita que os papéis têm potencial para novas altas pela frente.  – Vou manter os papéis. O governo incentivou muito a construção civil durante a crise e as empresas estão colhendo agora os frutos – diz Vodopives, cliente da Ágora.

 Armando Halfeld, analista da Ativa Correta, lembra que o setor recuperou-se rapidamente da crise de 2008. E que, portanto, nem todas as empresas têm o mesmo potencial de crescimento pela frente.
 – O potencial de crescimento não é mais generalizado.  É preciso avaliar papel por papel – explica o analista da Ativa, que tem PDG e Brookfield na carteira sugerida.

 Gargalos podem atrapalhar crescimento da construção Ele acrescenta que o mercado deve seguir uma tendência de consolidação nos próximos anos, com fusões e aquisições de empresas listadas em Bolsas e as grandes do setor comprando outras empresas não listadas, de menor porte. O mercado ainda é pulverizado e tem muitas empresas com gestão familiar: – Vimos Abyara, Klabin Segall e Agra se juntarem e formar a Agre, que acabou comprada pela PDG. Esses movimentos devem continuar.  Mas o rápido crescimento do setor pode esbarrar em gargalos.

 Para Antonio Bezerra, analista da Lopes Filho, os riscos estão na oferta de mão de obra qualificada (como engenheiros e mestres de obra) e também no rápido crescimento da demanda por materiais (como cimento, por exemplo): – São fatores que podem levar as empresas a rever o ritmo de crescimento. Mão de obra qualificada não se consegue da noite para o dia. É preciso formar e dar experiência a esses profissionais.
 ________
 O governo incentivou muito a construção civil durante a crise e as empresas estão colhendo agora os frutos

 André Vodopives,Administrador e pequeno investidor

"banner"  
"banner"  
"banner"  
"banner"  


Jornal XYZ   |   /10/10/2010

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam congue volutpat scelerisque. Aliquam quis nisi quis mi hendrerit sollicitudin eget at leo. Duis congue arcu dui. Donec lacus sem, scelerisque ac imperdiet ut, ullamcorper eget felis. In hac habitasse platea dictumst. Integer vitae aliquam massa. Suspendisse vitae massa vel odio porta aliquam. Nunc sodales erat ac ligula viverra viverra.


"leia


Jornal XYZ   |   /10/10/2010

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam congue volutpat scelerisque. Aliquam quis nisi quis mi hendrerit sollicitudin eget at leo. Duis congue arcu dui. Donec lacus sem, scelerisque ac imperdiet ut, ullamcorper eget felis. In hac habitasse platea dictumst. Integer vitae aliquam massa. Suspendisse vitae massa vel odio porta aliquam. Nunc sodales erat ac ligula viverra viverra.


"leia


Jornal XYZ   |   /10/10/2010

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam congue volutpat scelerisque. Aliquam quis nisi quis mi hendrerit sollicitudin eget at leo. Duis congue arcu dui. Donec lacus sem, scelerisque ac imperdiet ut, ullamcorper eget felis. In hac habitasse platea dictumst. Integer vitae aliquam massa. Suspendisse vitae massa vel odio porta aliquam. Nunc sodales erat ac ligula viverra viverra.


"leia


"Cbic"

COMPARTILHE!

Agenda de Eventos e Transmissões

Janeiro/2021

Filtrar eventos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

Parceiros e Afiliações

Parceiros

 
Sinduscon – Vale
Sinduscon – Norte
Sinduscon Sul – MT
AELO
Sinduscon-AM
Sinduscon-RS
ADEMI – BA
Sinduscon-Brusque
Sinduscon-Porto Velho
Sinduscon-AC
Sinduscon-SM
ADIT Brasil
 

Clique aqui e veja todos os parceiros

Afiliações

 
CICA
CNI
FIIC
 
Tekne Kiralama karın germe Estetik Ankara özel kurtaj meme büyültme epoksi vaporesso betpark giriş betgaranti kolaybet En iyi casino siteleri diyarbakır escort escort istanbul escort izmir izmir escort
X