Logo da CBIC
14/04/2021

PBQP-H pautou a 2ª reunião ordinária da COMAT/CBIC

Hoje (14), a Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (COMAT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) realizou a 2ª reunião ordinária do ano com os associados.

Dionyzio Klavdianos, presidente da COMAT, coordenou a reunião virtual, onde foi apresentada a nova assessora da presidência da COMAT e da Comissão de Meio Ambiente (CMA) da CBIC, a engenheira civil Leila Sobral.

Na reunião online, Marcos Galindo, diretor do Sinduscon-BA, apresentou as principais alterações ocorridas na revisão do regimento do Sistema de Avaliação da Conformidade de Empresas de Serviços e Obras da Construção Civil (SiAC) do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H).

Uma das alterações citadas pelo diretor do Sinduscon-BA está relacionada ao Processo de Qualificação de Fornecedores (item 8.4.1.1) que veda à empresa construtora a aquisição de produtos de fornecedores de materiais e componentes considerados não conformes nos Programas Setoriais da Qualidade (PSQs).

No evento foram discutidos também desafios e vantagens dos Programas Setoriais de Qualidade (PSQs). De acordo com o presidente da COMAT Sinduscon-Rio, Lydio Bandeira, as construtoras são os principais clientes dos Programas Setoriais de Qualidade e devem fazer uso dos relatórios setoriais trimestrais de cada PSQ.

Existem, atualmente, 23 PSQs. Bandeira apontou três que estão com baixo índice de conformidade: esquadrias de aço (22%), esquadrias de PVC (36%) e portas e janelas de correr de alumínio (23,20%), e alertou sobre outros que ainda não são acompanhados pelos programas de qualidade como argamassas industrializadas (de assentamento e de revestimento), portas de madeiras, vidros para construção.

Uma nova reunião ordinária da COMAT está prevista para maio.

COMPARTILHE!

Agenda COMAT

Julho, 2024