Logo da CBIC
08/07/2021

Seminário do Sinapi reforça uso do sistema como referência  

O Seminário de Revisão do Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi) reforçou aos empresários e profissionais do setor da construção da região Noroeste, do Paraná, que o Sinapi deve ser utilizado como referência e não como tabela. O evento online aconteceu na quarta-feira (07/07), com a participação do engenheiro e consultor Sinapi da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Geraldo de Paula Eduardo, e mediação do vice-presidente da CBIC e diretor de Obras Públicas do Sinduscon Paraná Noroeste, Marcos Mauro Pena de Araújo Moreira Filho.

A primeira apresentação, sobre a Visão Empresarial do Sinapi, foi realizada por Álvaro Andrade Vasconcellos, da Múltipla Engenharia. O empresário apresentou a importância da elaboração de orçamentos tecnicamente embasados.

“Um orçamento bem elaborado contribuirá para o sucesso do empreendimento atingindo o resultado desejado, promovendo resultado, qualidade, previsibilidade e proporcionando a continuidade do empreendimento. Além disso, traz controle de desempenho e políticas operacionais”, afirmou.

Álvaro também destaca que as cartilhas do Sinapi são compostas por metodologias e conceitos; cálculos e parâmetros; ficha de especificações técnicas de insumos e caderno de composições. “Todos os itens formam o sistema de referência, não uma tabela. Quando você usa as composições do Sinapi, você está tendo uma referência para seu orçamento”, salientou.

De acordo com o empresário, o sistema é utilizado em todos os empreendimentos que envolvem recursos do Orçamento Geral da União (OGU), além de diversos órgãos, empresas públicas e empresas privadas. “Empresas privadas e incorporadoras já tomam como referência o Sinapi, mas são referências, não o orçamento da empresa”, finalizou.

A segunda palestra foi feita por representantes da Caixa, administradora do Sinapi. O gerente Executivo do Sinapi/Caixa, Mauro Fernando Martins de Castro, e a coordenadora do Sinapi/Caixa, Iris Luna Macedo.

Segundo o gerente Executivo do Sinapi/Caixa, Mauro Fernando Martins de Castro, o Sinapi é um sistema de referência com composições e insumos nacionais desenvolvidos a partir de definições técnicas de Engenharia da Caixa Econômica Federal, com os preços pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 27 estados.

“O Sinapi tem hoje o objetivo de oferecer referências para a elaboração de orçamentos. Outra questão importante a ser colocada é que o Sinapi não tem BDI (Bonificação e Despesas Indiretas). Além disso, o Sinapi traz os encargos sociais, que são somados aos preços que o IBGE obtém para mão de obra”, afirmou Mauro Fernando Martins.

Já a coordenadora do Sinapi/Caixa, Iris Luna Macedo, fez uma apresentação sobre a documentação técnica como cadernos, fichas e catálogo de referências. “São documentos fundamentais para o uso adequado das composições do Sinapi, porque neles os usuários conhecem o detalhamento delas”, afirmou.

Também participaram do debate:

  • Geraldo de Paula Eduardo, consultor CBIC/Sinapi
  • Rogério Yabiku, presidente do Sinduscon Paraná Noroeste

Veja as apresentações do evento:

Sinapi – Sistema de Referência – Caixa

Sinapi – Sinduscon-PR Noroeste

Assista
ao evento na íntegra pelo YouTube
.

O Seminário de Revisão do Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi) tem interface com o projeto “Melhoria da competitividade e da Segurança Jurídica para Ampliação de Mercado na Infraestrutura” da Comissão de Infraestrutura (Coinfra) da CBIC, com a correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

Agenda COINFRA

Agosto, 2022

X