Logo da CBIC
03/05/2021

CBIC aponta sucesso do leilão da Cedae para a população e as construtoras do Rio

O leilão de concessão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) arrecadou cerca de R$ 22,7 bilhões na sexta-feira (30/04), na sede da Bolsa de Valores (B3), em São Paulo, com três dos quatro blocos arrematados, ante uma outorga mínima total R$ 10,6 bilhões. Os contratos são de 35 anos e a modelagem foi preparada pelo BNDES.

“Considero muito importante o sucesso desse leilão, sobretudo para a população das cidades envolvidas. E, para as construtoras do Rio, a receita advinda das outorgas representa uma possibilidade concreta de receberem valores que lhes são devidos e estavam em Restos a Pagar cancelados”, frisa o presidente da Comissão de Infraestrutura da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Coinfra/CBIC), Carlos Eduardo Lima Jorge.

Apontado como o maior projeto de concessão de saneamento básico do Brasil, o objetivo é a universalização do serviço de água e do acesso à rede de esgoto para 90% da população de 29 municípios fluminenses, garantindo mais:

  • Distribuição de água
  • Coleta e tratamento de esgoto
  • Saneamento básico

A Cedae continuará existindo, por meio da captação e venda de água para concessionários.

(Com informações da InfoMoney)

COMPARTILHE!

Agenda COINFRA

Junho, 2024