Logo da CBIC
28/06/2018

Plano Nacional de Logística deve ser lançado na próxima semana

Está previsto para a próxima segunda-feira, 2 de julho, o lançamento pelo governo federal do Plano Nacional de Logística (PNL), o qual definirá investimentos prioritários para melhorar o transporte de cargas no Brasil. Caso seja levado adiante, a primeira etapa estima a redução de R$ 54,7 bilhões nos custos de transporte até 2025. Atualmente, esse montante chega a R$ 342 bilhões, comprometendo a competitividade dos produtos brasileiros exportados.

O PNL também ampliará a participação das ferrovias no transporte de cargas pelo País. Com o desenvolvimento adequado do plano, até 2025, estima-se que o volume de cargas nas rodovias cairá de 64% para 50%; enquanto as ferrovias passam de 18% para 31%. No futuro, além do transporte de cargas, também será contemplado o fluxo de passageiros.

O projeto ainda será aprovado em reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) por uma resolução e, posteriormente, um decreto da Presidência dará peso de lei ao programa e criará um comitê de governança para selecionar as obras prioritárias.

Em maio, o Plano foi antecipado, detalhado e discutido no 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), em Florianópolis. Um dos painéis da Comissão de Infraestrutura (COP) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) contou com a participação de José Carlos Medaglia Filho, secretário especial do PPI, que coordenou a elaboração do PNL enquanto estava à frente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), até fevereiro deste ano. Na ocasião, foi debatida a importância do planejamento de infraestrutura e da adoção de programas estruturantes para melhorar a logística nacional.

(Com informações da Folha de S.Paulo)

Agenda COINFRA

Agosto, 2022

X