Petrobras suspende reajuste do asfalto

A Petrobras, atendendo à solicitação da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), suspendeu novos aumentos nos preços do asfalto até 1º de maio. A decisão foi transmitida por Guilherme França, gerente executivo da estatal ao presidente da CBIC, José Carlos Martins, e oficializada na última terça-feira (23/01) em carta aos clientes de asfaltos, assinada pela Gerência Geral de Comércio de Produtos Especiais da empresa.

Em reunião com a direção da Petrobras em dezembro passado, a CBIC pediu prazo para discutir uma solução para os contratos em andamento, especialmente com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que sofrem impacto significativo com o aumento nos preços desse insumo. “Essa decisão é fundamental para que possamos evitar o descasamento dos contratos em vigor”, diz Martins.

A Comissão de Infraestrutura (COP) da CBIC tem feito reuniões técnicas com a equipe do DNIT para equacionar o problema. “Estamos trabalhando para que os contratos sejam executados sem prejuízo das obras sem andamento”, diz Carlos Eduardo Lima Jorge, presidente da COP.

A Coluna Mercado Aberto, da Folha de S.Paulo, e o G1 destacaram a conquista, que pode ser conferida nos links a seguir: Petrobras posterga nova política de preço do asfalto de janeiro para maio e Petrobras decide adiar até 1º de maio reajuste mensal no preço do asfalto

Compartilhe!
X