Logo da CBIC
25/05/2022

Governo vai aumentar multiplicador de subsídio do Casa Verde e Amarela

O ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, anunciou aumento de 0,15% no multiplicador de subsídio do programa habitacional Casa Verde e Amarela (CVA). A medida deve ser publicada no dia 1º de junho deste ano. A informação foi transmitida ao presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, nesta quarta-feira (25), em reunião na Pasta. Durante o encontro, foram discutidas iniciativas para melhorar o desempenho na contratação do CVA.

Ferreira também informou que o Congresso Nacional estuda ampliar o prazo de financiamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de 30 para 35 anos, além de outras ações ligadas à carência nas primeiras prestações, como o uso mensal do FGTS depositado para quitar prestações e ampliação de faixas de renda nos grupos 2 e 3 do programa. Outra decisão anunciada foi a regulamentação do Fundo Garantidor de Habitação (FGHab).

Segundo o presidente da CBIC, essas providências aumentam o poder de compra das famílias. “Excelentes medidas de incentivo para a habitação de interesse social”, disse.

Também participou da reunião o presidente da Comissão de Habitação de Interesse Social (CHIS) da CBIC, Carlos Henrique Passos.

Reduções nos lançamentos do CVA
No 1º trimestre de 2022, os lançamentos de unidades do CVA foram reduzidos em 40,4% e a oferta final em 11,1%, em comparação com o 4º trimestre de 2021. Os números negativos não têm relação com a alta nas taxas de juros, mas são afetados por três fatores predominantes: aumento dos preços e dos custos dos materiais da construção civil; falta de confiança para novos lançamentos dos empresários e incorporadoras; e queda do poder aquisitivo das famílias. As informações fazem parte do estudo Indicadores Imobiliários Nacionais do 1º trimestre de 2022, realizado pela CBIC, em parceria com a Brain Inteligência Estratégica. Saiba mais. 

Agenda CHIS

Agosto, 2022

X