Logo da CBIC
24/03/2022

Caixa anuncia redução dos juros do crédito imobiliário na modalidade atrelada à poupança

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta quinta-feira (24), a redução dos juros do crédito imobiliário na modalidade atrelada à poupança. De acordo com o presidente do banco, Pedro Guimarães, as novas taxas partem de 2,8% ao ano mais a remuneração da poupança, e a taxa anual máxima vai a 8,97% ao ano. O presidente da instituição afirmou que a mudança vale a partir da próxima segunda-feira (28/03).

“Uma redução para o fundo da poupança, com rendimento a 6,17%. A gente reduziu 2,8%, isso significa que o funding de poupança, de fato, está abaixo de 9%”, disse Guimarães. O executivo também anunciou que vai aumentar as concessões de crédito imobiliário em 20% neste ano, para a faixa de R$ 165 bilhões a R$ 170 bilhões.

Sobre o Programa Casa Verde e Amarela, Guimarães ressaltou a elevação de 15% para o teto do valor financiado do imóvel. “Por exemplo, se atendia um imóvel de R$ 200 mil, passa agora para R$ 230 mil. São impactos importantes nesse programa de habitação popular”, afirmou.

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) destacou os benefícios das medidas anunciadas pela Caixa e pelo governo federal. “O setor da construção é fundamental para que o Brasil saia de crises. O anúncio da Caixa reforça essa premissa e vai permitir maior geração de emprego, renda e possibilitar maior acesso à casa própria para os brasileiros”, parabenizou.

Agenda CHIS