Empresas poderão cadastrar vagas para jovens do Plano Progredir

A CBIC, representada pela presidente do Fórum de Ação Social e Cidadania (FASC) da CBIC, Ana Cláudia Gomes, participou hoje, 30 de janeiro, de reunião com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para apresentação do Plano Progredir, um programa do Governo Federal para a inclusão produtiva de jovens de famílias de baixa renda, vinculados ao Bolsa Família, no mercado de trabalho. O encontro aconteceu na sede da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Rio de Janeiro (Facerj), com a presença de cerca de 30 líderes das associações empresariais do Rio de Janeiro. “Representar a construção civil numa agenda extremamente estratégica para o governo, na qual podemos ajudar a fomentar a introdução de jovens na nossa indústria de uma forma mais qualitativa, é de grande importância”, menciona Ana Cláudia Gomes.

O Plano propõe um conjunto de ações integradas que vão do incentivo à prática de esportes, passando pela capacitação em tecnologia da informação, até uma formação mais focada em áreas como hotelaria e construção civil, ramos que historicamente oferecem muitas oportunidades a jovens com baixa escolaridade e qualificação profissional.

Os presentes na reunião aceitaram o desafio, proposto pelo ministro Osmar Terra, de alcançar a meta de 2 mil contratações de jovens oriundos do plano até o final de fevereiro de 2018. Empresários poderão cadastrar as vagas disponíveis e auxiliar essas famílias. O ministro também recebeu de forma positiva a sugestão, feita por representantes dos empregadores, de que as contratações pelo Progredir isentassem as empresas da multa por não cumprimento da cota de Pessoas com Deficiência (PCDs). Uma proposta formal desse acordo, levando em consideração todas as questões legais, foi solicitada.

Compartilhe!
X