Logo da CBIC
29/11/2021

Covid-19 volta a cair a patamar ínfimo nas obras paulistas 

Depois de uma ligeira alta, o número de casos suspeitos de Covid-19 nas obras paulistas caiu de 0,5% para 0,09% do pessoal empregado, e o total de confirmados declinou de 0,09% para 0,02% do contingente de trabalhadores. Pela 18ª semana consecutiva, não se registraram óbitos. Nas últimas quatro semanas, nenhum trabalhador estava em internação hospitalar.

Estes foram os resultados da 73ª Pesquisa “Conhecendo as Ações das Construtoras Paulistas no Combate à Covid-19”, realizada pelo Sindicato da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e pelo Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP). Foram obtidas respostas de 47 empresas, responsáveis por 586 obras, envolvendo 46.336 empregos diretos e terceirizados, de 12 a 25 de novembro.

Das empresas pesquisadas, 39 informaram que 22.963 trabalhadores foram vacinados com a primeira dose, 17.168 com a segunda ou dose única, e 636 com a de reforço. Manteve-se em 5% o percentual de trabalhadores em relação ao total pesquisado, sobre os quais as empresas não informaram o andamento da vacinação.

Odair Senra, presidente do SindusCon-SP, e Haruo Ishikawa, presidente do Seconci-SP, atribuem os resultados da pesquisa ao avanço da vacinação e à manutenção das medidas de prevenção nas obras. “No entanto, não podemos baixar a guarda, precisamos insistir junto aos trabalhadores: vacinas, máscaras e distanciamento social salvam”, afirmam.

Principais resultados da 73ª Pesquisa:

  • 0,09% afastados por suspeita de Covid-19;
  • 0,02% afastados por confirmação da doença;
  • 586 obras em andamento e nenhuma parada;
  • 99,9% do pessoal estão em atividade;
  • 100% das empresas dão orientações diárias sobre prevenção e divulgam aos trabalhadores cartazes e vídeos de orientação do SindusCon-SP e do Seconci-SP.
  • 95% adotam higienização das mãos e fornecem máscaras para os trajetos entre as residências e as obras
  • 92% fornecem máscaras extras para as obras além das utilizadas como EPIs

Os presidentes do SindusCon-SP e do Seconci-SP reafirmam o convite para mais empresas com obras no Estado de São Paulo participarem das próximas rodadas; basta enviar um e-mail para pesquisacovid-19@seconci-sp.org.br e o Seconci-SP entrará em contato para incluir a construtora na enquete. As entidades garantem sigilo absoluto sobre as informações prestadas.

Veja os relatórios das últimas rodadas das pesquisas  73ª72ª.

Essa matéria integra o Mapeamento de Boas Práticas em Responsabilidade Social no setor da construção durante a pandemia do coronavírus dentro do ‘Projeto Responsabilidade Social e a Valorização do Trabalhador’, realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em correalização com Serviço Social a Indústria (Sesi Nacional).

COMPARTILHE!

Agenda CRS

Janeiro, 2022

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

-

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

-->
X