Logo da CBIC
06/05/2019

Trabalho em Altura – Confira a lista dos principais Equipamentos de Proteção Individual – EPI’s

Trabalhar em alturas superiores a 2m (dois metros) exige cuidados no que diz respeito à proteção do profissional e de quem está próximo ao local em que a atividade está sendo executada. Este tipo de cuidado previne um dos tipos de acidentes mais comuns e perigosos relacionados a este tipo de trabalho: as quedas.

A Norma Regulamentadora n.º 35 – Trabalho em Altura (NR 35) define que todas as atividades profissionais que envolvem trabalho em altura precisam de um estudo prévio a respeito dos riscos existentes. Além disso, também é considerado necessária a elaboração de planejamento, organização e execução de medidas que garantam a segurança dos trabalhadores.

Outra determinação da referida Norma afirma que a empresa contratante deve fornecer condições de segurança aos trabalhadores, ofertando todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para que eles realizem suas tarefas da forma mais segura possível.

EPIs obrigatórios para proteção contra quedas

  • Botas de segurança

Esses calçados de segurança são necessários para evitar que o trabalhador acabe escorregando ou derrapando. Trata-se de um EPI essencial, especialmente, em terrenos desconhecidos ou que podem estar molhados ou com a presença de materiais viscosos.

  • Capacete

Caso aconteça alguma queda, um dos locais do corpo mais propensos a traumas é a cabeça. Uma vez que uma batida na cabeça pode trazer consequências graves, o uso do capacete de proteção se torna essencial.

  • Cinto de segurança

O corpo precisa estar equilibrado, conferindo segurança ao trabalhador que está em uma altura elevada. Por isso, o cinto de segurança para trabalho em altura é mais que obrigatório para sustentar o peso do corpo e evitar que o colaborador esteja sujeito a quedas.

  • Trava quedas

Apenas usar o cinto de segurança nem sempre garante uma sustentação equilibrada do corpo. Para que o equipamento suporte a pressão do peso é necessária a utilização de um trava quedas para ajudar o cinto de segurança a não se romper.

 

Fonte: Blog SESMT

Agenda CPRT

Fevereiro, 2023

X