Logo da CBIC
22/01/2020

Acordo para escoamento de produção, a partir da fábrica que será instalada no Triângulo Mineiro, deve sair no primeiro semestre de 2020.

A Valor da Logística Integrada (VLI) e a LD Celulose – joint venture formada entre a Duratex e o grupo austríaco Lenzing – estão prestes a firmar acordo para o transporte de celulose solúvel a partir da fábrica que será instalada entre os municípios de Araguari e Indianópolis, no Triângulo Mineiro, até o Espírito Santo. A expectativa das empresas é de que o contrato de longo prazo seja assinado ainda no primeiro semestre de 2020. A previsão é de que a fábrica fique pronta em 2022.

De acordo com o gerente-geral comercial Industrializados da VLI, Diego Zanella, um memorando assinado no fim do ano passado prevê a movimentação de cargas pela ferrovia administrada pela VLI daquela que será uma das maiores linhas industriais de celulose solúvel do mundo.

Cada composição formada por três locomotivas e 68 vagões (1.300 metros de extensão) poderá transportar cerca de 4,5 mil toneladas da unidade até o Porto de Barra do Riacho (ES), o equivalente ao volume movimentado por cerca de 100 caminhões. Ele destacou que a localização será um ponto estratégico do negócio, que contará com conexões ferroviária – por meio da Ferrovia Centro Atlântica (FCA), concessionária controlada pela VLI – e rodoviária com portos do Espírito Santo e São Paulo.

“Trabalhamos em conjunto com a LD Celulose no desenvolvimento da solução logística por dez meses. Fizemos a conceituação, a idealização, o desenvolvimento e o detalhamento de mais este projeto, a partir do nosso propósito maior de transformar a logística no Brasil e entregar valores aos nossos clientes”, definiu.

Veja a matéria na íntegra

(com informações do Diário do Comércio)

COMPARTILHE!

Agenda COIC

Julho, 2020

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

X