Logo da CBIC
17/08/2023

Gestão Compartilhada pode potencializar o sucesso de projetos no setor

Pesquisa de Maturidade em Gerenciamento de Projetos mostrou que apenas 60% das empresas no Brasil alcançam o índice de sucesso total no desempenho de projetos. De acordo com a pesquisa da Archibald & Prado, realizada em 2021, o alto desempenho da empresa significa alcançar resultados e benefícios esperados dentro das exigências previstas para prazo, custo, escopo e qualidade.

O levantamento ainda destaca que quanto maior a maturidade da empresa e seu sucesso, maior a percepção da relevância do gerenciamento de projetos para agregar valor à organização. A gestão compartilhada bem executada, segundo Ilso de Oliveira, presidente da Comissão de Obras Industriais e Corporativas (COIC) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), pode contribuir com a conclusão bem sucedida de projetos de maior complexidade. Para ele, o principal benefício dessa cultura é a possibilidade de potencializar o sucesso do projeto e de todos os envolvidos.

“Empresas no Brasil e de outros países já reconhecem o grande benefício da utilização dessa cultura como estímulo e ensinamento para que mais profissionais e empresas utilizem a gestão compartilhada como forma de atender às demandas cada vez mais abrangentes de um mercado competitivo e exigente”, explicou.

Atualmente é perceptível a maior sofisticação nas ferramentas e metodologias de gestão de projetos, o que contribui para melhorar a capacidade de análise e ação das equipes durante as fases de estudos e implantação, segundo o engenheiro de produção, Thiago Gomes de Melo. Contudo, para ele, a sofisticação das ferramentas não tem refletido em uma melhora compatível nos indicadores de sucesso dos empreendimentos, o que pode significar que o problema está relacionado a outros fatores.

“Acredito que um dos fatores principais esteja ligado à cultura e ao relacionamento entre as empresas. A gestão compartilhada é essencialmente uma cultura de implantação em que todas as empresas e profissionais envolvidos tomem suas decisões objetivando o melhor para o projeto e não para as empresas individualmente. Com esta cultura certamente a melhoria dos indicadores será bem maior”, afirmou. 

Melo apontou ainda que a essência da gestão compartilhada reside na colaboração e na engenharia como elementos centrais. “Para efetivar essa abordagem é crucial que todas as partes envolvidas demonstrem um comprometimento genuíno em compartilhar o melhor de seus processos e conhecimentos, visando enriquecer o projeto em questão”, disse. Nesse contexto, o conhecimento técnico e a perícia da engenharia desempenham papel fundamental, sustentados por ferramentas e metodologias de qualidade que complementam esse alicerce sólido, completou. 

Curso EAD sobre Gestão Compartilhada

Buscando promover uma cultura em que todos os stakeholders se sintam comprometidos e responsáveis pelo sucesso do projeto para que as chances de falhas, atrasos e custos não previstos sejam minimizadas, Ilso de Oliveira apresentou o curso EAD sobre Gestão Compartilhada, desenvolvido pela CBIC.

O curso conta com 10 horas-aula e 12 profissionais dedicados a ensinar os fundamentos dessa abordagem, além de ilustrar a aplicação prática. Ao promover uma cultura em que todos os stakeholders se sentem comprometidos e responsáveis pelo sucesso do projeto, as chances de falhas, atrasos e custos não previstos são minimizadas, explicou o presidente da COIC/CBIC. 

Segundo Eduardo Rozemberg, aluno do curso EAD sobre Gestão Compartilhada da CBIC,  as aulas permitiram um olhar global sobre o projeto. “Ter especialmente essa preparação para encarar um ambiente com muitos interessados, muitos participantes e com fornecedores, que precisam estar perfeitamente encadeados foi extremamente esclarecedor. O curso me deu bastante subsídio e ferramentas para conseguir aplicar isso já num curto prazo”, disse. 

Clique aqui e confira o curso da CBIC! 

O tema tem interface com o projeto “Sustentabilidade das Empresas do Segmento de Obras Industriais e Corporativas”, da COIC/CBIC, em correalização com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

COMPARTILHE!

Agenda COIC

Setembro, 2023