Logo da CBIC
09/05/2018

CBIC participa de workshop de subsídios à revisão da ABNT NBR 15575 quanto aos requisitos de durabilidade

A Norma de Desempenho (ABNT NBR 15575/2013) completou cinco anos no último mês de fevereiro. Sua aplicação prática em empreendimentos residenciais de todos os segmentos de mercado propiciou a identificação de pontos de melhoria em alguns requisitos e critérios das seis partes, que garantirão maior aperfeiçoamento técnico, precisão de fundamentos e segurança jurídica ao setor da construção civil imobiliária.  Convergente com a iniciativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e do Senai Nacional para o levantamento de subsídios para a revisão da Norma de Desempenho, o Departamento de Engenharia de Construção Civil e a Unidade Emprapii – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) realizam amanhã (10/05), em São Paulo, o workshop Subsídios à revisão da ABNT NBR 15575/2013 quanto aos requisitos de durabilidade. O encontro será das 8h30 às 13h, no prédio da Engenharia Civil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), e analisará especificamente os requisitos e respectivos critérios relacionados à durabilidade de edificações residenciais a fim de propor aperfeiçoamentos.

O presidente da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) da CBIC, Dionyzio Klavdianos, participará da abertura do evento, juntamente com o professor doutor Flavio Leal Maranhão, do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Universidade de São Paulo e da Engenharia Civil da Universidade São Judas Tadeu; o professor titular Vanderley M. John, do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Universidade de São Paulo e coordenador da Unidade EMBRAPII Poli-USP Materiais para Construção Ecoeficiente; a professora Livre-Docente e chefe do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Universidade de São Paulo, Lucia Helena de Oliveira; o vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, Jorge Batlouni Neto, e o vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do Secovi-SP, Carlos Alberto de Moraes Borges.

Na programação, destaque para os seguintes temas: “A experiência de aplicação dos requisitos e critérios da ABNT NBR 15575 quanto à durabilidade em empreendimentos residenciais nos cinco anos de publicação da norma”; “Norma ISO 15686: características e adequação às necessidades brasileiras de métodos para previsão de vida útil”; “Desafios para Incorporação da durabilidade na cadeia produtiva da construção de edificações”; “Estudo de Caso: Avaliação da durabilidade das Janelas de PVC”; “Desafios para Avaliação da Durabilidade de Sistemas Construtivos: 1) Experiência Instituições Técnicas de Avaliação, 2) Experiência da Indústria de Materiais e Componentes, e 3) Experiência Universidade e Centro de Pesquisa”.

Embora o workshop seja fechado a convidados – representantes do meio acadêmico, indústria de materiais e sistemas construtivos e empresas construtoras e de projeto –, serão disponibilizados 30 assentos por videoconferência web. As inscrições podem ser feitas enviando um e-mail para [email protected], com “Videoconferência” na identificação do assunto.

COMPARTILHE!

Agenda COMAT

Maio, 2024