Logo da CBIC
20/10/2021

Enic: MDR destaca parceria da CBIC no desenvolvimento nacional

“A CBIC tem sido parceira no desenvolvimento nacional”. Com essa afirmação, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, abriu o painel “Oportunidades Regionais de Investimento” da 93ª edição online do Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), nesta quarta-feira (20/10), reforçando que a entidade foi também parceira essencial na elaboração da segunda etapa do novo programa habitacional Casa Verde e Amarela. 

Coordenado pelo vice-presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) Região Norte e presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado do Pará (Sinduscon-PA), Alex Dias Carvalho, o painel teve como principal objetivo identificar oportunidades de investimentos que podem estimular o desenvolvimento da indústria da construção nos diversos estados do país. 

O ministro enfatizou que, durante a pandemia da Convid-19, foram instituídos procedimentos e formas de não paralisar as obras públicas e privadas em todo o país, o que foi extremamente relevante para a manutenção de postos de trabalho, dos empregos e das oportunidades que impediram uma queda brutal na empregabilidade em todo o Brasil. “Devemos isso à construção civil, que teve a capacidade de se inovar, buscar alternativas e pensar fora da caixinha”, frisou. 

“Hoje, temos que comemorar o fato de que em 2020, mesmo com todas as dificuldades, terminamos o ano gerando mais de 120 mil empregos de saldo positivo. Em 2021, quase 3 milhões de postos de trabalho serão gerados. Uma boa parte na Construção, que tem uma série de oportunidades na área de logística, infraestrutura e no MDR”. 

O líder do governo no Senado Federal, senador Fernando Bezerra (MDB/PE), ressaltou que o Congresso Nacional tem procurado dar sua parcela de contribuição para a manutenção de empregos, como a criação do Pronampe. “Mais de R$ 30 bilhões foram liberados e animaram o setor econômico nacional, permitindo a manutenção de empregos”.  

Citou também a sensibilidade do governo em manter os incentivos para o desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e faixas do Centro-Oeste, no âmbito do Programa de Incentivos Regionais. 

“Com a retomada da economia a partir de 2020, apesar das turbulências do sistema produtivo no fornecimento de insumos e de materiais, mantenho uma postura otimista em relação a 2022. Acho que vamos fechar o crescimento econômico acima de 5% neste ano, com a volta do emprego e avanço da campanha de imunização”.

O senador Fernando Bezerra ressaltou ainda que os investimentos na retomada da ferrovia Transnordestina injetará ânimo para novos recursos no setor da construção civil.   

Oportunidades Regionais de Investimento 

A estimativa do chefe de economia do Banco do Nordeste, Luiz Alberto Esteves, é de um cenário conservador nos próximos cinco anos, com taxa de investimento em 15% do PIB, e que a Região Nordeste cresça 3% no médio prazo, no pós-crise. 

Para os próximos cinco anos, a previsão é de investimento em torno de R$ 220 bilhões por ano e, em cinco anos, um acumulado de mais ou menos R$ 1,1 trilhão na região, com destaque para infraestrutura renovável (eólica e solar) e saneamento, com investimento público e privado.   

O diretor do Instituto Amazônia +21, Marcelo Thomé da Silva de Almeida, apresentou as oportunidades de investimentos em infraestrutura na Região Norte. “O movimento nasceu dos empresários industriais amazônicos e da percepção de que podem apoiar a agenda do desenvolvimento sustentável, com apoio ao fomento dos negócios sustentáveis na região”.      

Para o vice-presidente da CBIC Região Nordeste e presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon-MA), Fábio Ribeiro Nahuz, grandes oportunidades de investimentos nas regiões Norte e Nordeste podem vir tanto pelo setor de logística, grande canal de escoamento de produção do país, quanto pelo pré-sal, que tem 40 bilhões de barris no Maranhão e em torno de 30 bilhões no Pará. 

O 93º Enic é uma realização da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e conta com apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional) e de entidades do setor, com patrocínio do Sebrae, OrçaFascio, Konstroi, Agilean, Brain Inteligência Estratégica, Mútua, Predialize, Roca, Sienge + Softplan, Aval, Softwareone, TK Elevators e Frontera.

O painel tem interface com o projeto “Melhoria da competitividade e da segurança jurídica para ampliação de mercado na infraestrutura” da Comissão de Infraestrutura (Coinfra) da CBIC, com correalização do Senai Nacional.

COMPARTILHE!

COINFRA Agenda

december, 2021

sun

mon

tue

wed

thu

fri

sat

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No Events

-->
X