Logo da CBIC
11/06/2018

Reunião da Comissão da Indústria Imobiliária é realizada em Manaus

Discussões de melhorias para o mercado imobiliário brasileiro dominaram a pauta da reunião da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), realizada em Manaus, na sexta-feira (8). No encontro, representantes do setor debateram, entre outros assuntos, cenários do setor em todo o país, perspectivas econômicas e vendas de imóveis.

Sob a coordenação da CII da CBIC, o evento em Manaus foi organizado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), com o apoio da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário no Estado do Amazonas (Ademi-AM). Convidado do  Sinduscon-AM, o consultor Ulisses Tapajós palestrou na abertura do evento, apresentando um panorama da economia amazonense antes, durante e após a crise. O empresário também destacou a atuação do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (Codese Manaus), que, na capital, irá focar na economia.

“Colocamos uma meta imediata que é o PIB. Hoje, o Polo Industrial de Manaus representa 90%. Até 2038, o PIB do Polo não vai representar mais que 33%. Os outros 67% serão de outras atividades econômicas regionais que nós temos que desenvolver: turismo, produtos da floresta, piscicultura, mineração, economia digital/startups e ambiente atrativo para investimentos”, destacou Tapajós, ressaltando que, durante 50 anos, a economia local segue dependente da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Durante o evento, o presidente da CII/CBIC, Celso Petrucci, apresentou um panorama do mercado, mostrando reação positiva. Segundo  Petrucci, de janeiro a abril deste ano, São Paulo teve seu melhor período, em relação ao mesmo período de anos anteriores, desde 2013. Ele afirmou que houve lançamento de empreendimentos de alto padrão, com sucesso de vendas,  em meio à greve dos caminhoneiros. “Tivemos um final de ano e um início de ano muito bons na cidade de São Paulo. Nós tivemos lançamentos nos dois fins de semana de greve e os dois foram muito bem. São produtos com o valor do  metro quadrado a R$ 11 mil, R$ 13 mil”, disse.

Foi a primeira vez que a região Norte recebeu a reunião. A edição em Manaus contou com a presença de representantes do setor imobiliário de 11 estados brasileiros, além de autoridades e representantes de instituições bancárias.

Presente no encontro, o superintendente Regional da Caixa Econômica no Amazonas, Mario Tonon, destacou o sucesso nas vendas do último Feirão de Imóveis realizado em maio deste ano. “Foi o melhor de todos os feirões de Manaus, onde nós tivemos 700 negócios fechados na hora, mais de 10 mil pessoas passaram pelo feirão e mais de R$ 105 milhões foram movimentados. Isso é um sinal de uma retomada muito grande”, ressaltou.

Itinerante, a Reunião da CII da CBIC é realizada bimestralmente, em São Paulo e demais cidades brasileiras, conforme calendário programado anualmente. A primeira reunião deste ano ocorreu no Rio de Janeiro, dia 23 de fevereiro. A segunda, em São Paulo, em 27 de abril. As duas próximas reuniões estão confirmadas para agosto e outubro, em São Paulo, e a última reunião do ano será na cidade de Porto de Galinhas, em Pernambuco, no dia 23 de novembro. O calendário com todas as reuniões está disponível no site da CII/CBIC, em: https://cbic.org.br/industriaimobiliaria/reunioes/. A organização do encontro em Manaus foi muito elogiada.

(Com informações do Sinduscon-AM)

 

*** CLIQUE AQUI *** PARA VER A APRESENTAÇÃO DO SINDUSCON-AM

*** CLIQUE AQUI *** PARA VER A APRESENTAÇÃO SOBRE RODADA DE MERCADO

*** CLIQUE AQUI *** PARA VER A APRESENTAÇÃO SOBRE PMCMV

*** CLIQUE AQUI *** PARA VER A APRESENTAÇÃO SOBRE DISTRATOS – PL 1220 DE 2015

*** CLIQUE AQUI *** PARA VER A APRESENTAÇÃO SOBRE SEGURO QUALIDADE ESTRUTURAL

Agenda CII

Agosto, 2022

X