Logo da CBIC
27/11/2019

Brasília sedia Fórum Nacional para Certificação de Cidades Inteligentes

Imagine uma cidade que atenda aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), cercada por um sistema de políticas públicas aprimoradas por dados padronizados que certificam uma cidade inteligente, sustentável, resiliente e próspera. O Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal (Codese/DF) apresenta amanhã (28) o ‘1º Fórum Nacional para Certificação de Cidades Inteligentes’, no Millennium Convention Center, em Brasília-DF, para tornar isso possível.

O evento conta com o apoio institucional do Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Inovação da Casa Civil, e da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

O Fórum Nacional para Certificação de Cidades Inteligentes visa apresentar o processo de certificação ISO 37120, acolhido por Brasília, para municípios interessados e nivelar o conhecimento e premissas necessárias para que em curto prazo as cidades sejam sustentáveis, resilientes, humanas e inteligentes. Atualmente, a capital federal está classificada na categoria de ‘Cidade Aspirante’, que considera a transparência, monitoramento e estabelecimento de políticas públicas orientadas à melhoria contínua de 19 eixos, incluída no catálogo de cidades globais.

Durante o evento, serão apresentados 10 temas:

  • O futuro e as perspectivas para 2030 no Brasil e no mundo
  • Certificação ISO 37120
  • Transformação digital
  • Cidades inclusivas e compartilhadas
  • Direito às cidades e meio ambiente
  • Mobilidade sustentável
  • Governança digital
  • Economia circular
  • Economia digital

 

Por que transformar um município em uma cidade inteligente?

O legado da certificação garante um patamar mínimo para uma cidade melhor e a continuidade na prestação de serviços de qualidade para a população, afirma Paulo Medeiro, subsecretário de Inovação da Casa Civil do Distrito Federal.

O futuro do Brasil é agora! Pensar o desenvolvimento de 5.570 municípios brasileiros de forma integrada e dinâmica seria um desafio distante, mas, a certificação proporciona a possibilidade de unir estratégias de tecnologia digitais ou não, com o objetivo de promover o desenvolvimento urbano sustentável.

 

Brasília Inteligente

No fórum, o Governo do Distrito Federal apresentará o Programa Brasília Inteligente, elaborado nos primeiros meses de governo, com o objetivo de garantir aos brasilienses uma cidade melhor para viver, por meio da modernização da legislação distrital, elaboração de um plano mestre “ex post”, construção de plataformas tecnológicas específicas e aplicação das boas práticas de elaboração de políticas públicas orientadas pelos eixos temáticos da ISO 37120 e baseadas em evidências.

 

Cerrado Digital

Brasília também foi escolhida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para implementação do Polo Cerrado Digital da Rota Tecnologia da Informação e Comunicação (Rota TIC). Por ser o principal polo de tecnologia da Região Centro-Oeste entre as regiões prioritárias da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride/DF), que reúne o Distrito Federal, 29 municípios de Goiás e quatro de Minas Gerais foi escolhida, avalia o coordenador da Rota TIC, André Rafael Costa e Silva.

 

Experiência ímpar

Será uma experiência ímpar para o debate entre gestores públicos, legisladores, empresários, academia, startups, centro de pesquisas e a sociedade civil, para apresentar e discutir questões que impulsionam cidades mais inteligentes.

 

Desafios e Experiências de Smart Cities no Mundo e no Brasil

Para abrilhantar o 1º Fórum Nacional para Certificação de Cidades Inteligentes, o espanhol Josep Miquel Piqué vai ministrar a palestra magna ‘Desafios e Experiências de Smart Cities no Mundo e no Brasil’. Piqué é mentor de inúmeras iniciativas e projetos ao redor do mundo voltados aos desenvolvimento de smart cities, tendo sido CEO do Distrito de Inovação 22@Barcelona, diretor de Setores Estratégicos da Agência de Desenvolvimento Local Barcelona Activa e CEO do Gabinete de Crescimento Econômico da Câmara Municipal de Barcelona.

Piqué é presidente da Rede de Parques Científicos e Tecnológicos da Catalunha (XPCAT), vice-presidente da Associação de Parques Científicos e Tecnológicos da Espanha (APTE) e ex-presidente e membro do Conselho da Associação Internacional de Parques científicos e Áreas de Inovação (IASP) . Atualmente, é consultor da Direção-Geral de Política Regional e Urbana (DG REGIO) da Comissão Europeia e membro da Equipe de Especialistas em Políticas de Inovação e Competitividade da Comissão das Nações Unidas para a Europa (UNECE).

 

Exposição de produtos do GDF

Também haverá uma área de exposição dos produtos desenvolvidos pelo governo do Distrito Federal que compõe o ecossistema de inovação criado para apoiar o programa Brasilia Inteligente, e também para exposição de tecnologias de empresas de mercado.

Realizado pelo Codese-DF, as inscrições são gratuitas. Participe!

Mais informações no site do Codese-DF.

 

 

 

COMPARTILHE!

Agenda CMA

Dezembro, 2019

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Nenhum evento

X