Logo da CBIC
09/09/2019

Seis temas abrangem o Prêmio de Responsabilidade Social CBIC

Direitos humanos, práticas trabalhistas, meio ambiente, práticas leais de operação, questões relativas a consumidores, além de envolvimento e desenvolvimento comunitário, são os temas do Prêmio de Responsabilidade Social da CBIC – edição 2019. As inscrições podem ser realizadas até 12 de setembro pelo site da CBIC.

Com mais de 10 anos de história, a premiação segue as diretrizes da ISO 26000, segundo a qual a responsabilidade social se expressa pelo desejo e pelo propósito das organizações em incorporarem considerações socioambientais em seus processos decisórios e a responsabilizar-se pelos impactos de suas decisões e atividades na sociedade e no meio ambiente.

Realizado pela Comissão de Responsabilidade Social (CRS) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), com a correalização do Sesi Nacional, podem concorrer à premiação entidades e empresas construtoras ou do mercado imobiliário associadas à CBIC e sediadas no Brasil, que estejam desenvolvendo ações, projetos ou programas de responsabilidade social.

Para a apresentação de projetos de Responsabilidade Social nos seis temas, confira os detalhes do edital para inscrever sua empresa:

– Direitos humanos: projetos voltados para assegurar que a instituição e a sua cadeia de valor não compactuem com práticas contrárias às questões de direitos humanos, incluindo atividades que podem afetar ou envolver crianças, trabalho informal sem proteção legal, discriminação (de raça, cor, gênero, idade, origem étnica e social, gravidez, estado civil ou situação familiar, relacionamentos pessoais e estado de saúde), trabalhos para proteger grupos vulneráveis, assegurar trabalho digno em toda sua cadeia produtiva e para inserção de pessoas com deficiência. Também poderão ser inscritos projetos que objetivem a difusão de padrões de ética, de cidadania e de respeito aos direitos humanos.

– Práticas Trabalhistas: políticas e práticas referentes ao trabalho realizado dentro, para ou em nome da organização, inclusive trabalho subcontratado. São elas: ações para adaptação do ambiente de trabalho às necessidades fisiológicas e psicológicas dos trabalhadores, projetos com ações sistematizadas e continuadas de promoção e manutenção do mais alto nível de bem-estar físico, mental e social dos trabalhadores e prevenção de perigos à saúde causados pelas condições de trabalho; projetos que promovam o Diálogo Social, condições justas de trabalho e proteção social, projetos de desenvolvimento humano e treinamento no local de trabalho.

– Meio Ambiente: projetos destinados a promover e incentivar a conservação e o aprimoramento do meio ambiente. Serão reconhecidos os trabalhos que realizam esforços simultâneos e bem-sucedidos para valorização e proteção da biodiversidade, valorização, proteção e restauração dos serviços de ecossistemas e de estímulo a um desenvolvimento urbano e rural ambientalmente favorável.

–  Práticas Leais de Operação: projetos que busquem demonstrar comprometimento da organização para criar e manter um ambiente e uma cultura em que os princípios da responsabilidade social sejam praticados nas seguintes questões: práticas anticorrupção, envolvimento político responsável, concorrência leal, promoção da responsabilidade social na cadeia de valor e respeito ao direito de propriedade.

–  Questões relativas a consumidores: projetos que atendam as seguintes questões: marketing leal, informações factuais e não tendenciosas e práticas contratuais justas, proteção à saúde e segurança do consumidor, consumo sustentável, atendimento e suporte ao consumidor e solução de reclamações e controvérsias, proteção e privacidade dos dados do consumidor, acesso a serviços essenciais, e educação e conscientização.

–  Envolvimento e desenvolvimento comunitário: projetos voltados para atividades e programas que visam melhorar os aspectos sociais da vida da comunidade. Projetos relacionados à educação básica, educação profissionalizante, cultura, saúde, geração de renda, desenvolvimento de infraestrutura ou qualquer outra atividade que venha a promover desenvolvimento social.

Os agraciados nas Categorias EmpresaEntidadeSeconci e Seconci Reconhecimento social receberão troféu, certificado e premiação em dinheiro no valor de R$ 15 mil.

Já o vencedor da Categoria Especial – Medalha de Práticas Proativas receberá medalha, certificado e premiação em dinheiro no valor de R$ 5 mil. Os recursos deverão ser destinados exclusivamente para o desenvolvimento dos projetos/ práticas premiadas.

 

 

 

 

COMPARTILHE!

Agenda CRS

diciembre, 2019

dom

lun

mar

mie

jue

vie

sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No hay eventos

X