Logo da CBIC
05/04/2021

Construção civil tem nova campanha de prevenção à Covid em São Paulo 

Para reforçar as medidas de prevenção à Covid-19, o Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP) lançou nova campanha de conscientização destinada aos funcionários de construtoras, incorporadoras e prestadoras de serviços à construção.

Com o mote “Você decide”, a campanha deixa muito claro que a escolha por não seguir as medidas de prevenção pode levar à morte por Covid-19. “Seja responsável e respeite a vida. A sua e a dos outros! Use máscara, lave as mãos e use álcool gel, não participe de aglomeração. Vacina salva”, dizem as peças da campanha.

A iniciativa local tem apoio do Sindicato da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), Sindicato da Habitação (Secovi-SP) e Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias da Construção de São Paulo (Sintracon-SP).

Veja o vídeo da campanha.

Ligeira queda na contaminação 

Os casos suspeitos de contaminação pela Covid-19 nos canteiros de obras do Estado de São Paulo declinaram ligeiramente, de 0,60% para 0,56% do número de trabalhadores; e os casos confirmados, de 0,48% para 0,41%.

Os dados são da 45ª Pesquisa “Conhecendo as Ações das Construtoras Paulistas no Combate à Covid-19”, realizada semanalmente por SindusCon-SP e Seconci-SP.

Entre as empresas pesquisadas, os casos de internação hospitalar caíram de 6 para 3.

Os presidentes do SindusCon-SP, Odair Senra, e do Seconci-SP, Haruo Ishikawa, recomendam que as empresas divulguem o material da nova campanha de prevenção e sigam restringindo as atividades presenciais ao mínimo necessário.

Nesta 45ª rodada, foram obtidas respostas de 49 empresas, responsáveis por 556 obras, envolvendo 35.999 empregos diretos e terceirizados, de 25 a 31 de março.

Principais resultados da 45ª Pesquisa:

  • 0,56% afastados por suspeita de Covid-19;
  • 0,41% afastados por confirmação da doença;
  • 550 obras em andamento e 6 paradas;
  • 98% do pessoal estão em atividade;
  • 100% das empresas adotam medição de temperatura e higienização das mãos, dão orientações diárias sobre prevenção, e higienizam e realizam demarcações em áreas de vivência;
  • 98% orientam sobre limpeza dos Equipamentos de Proteção Individual e afixam informativos impressos sobre a Covid-19 nos locais de circulação;
  • 96% fornecem máscaras para o transporte e para utilização na obra;
  • 94% realizam limpeza de EPIs e ferramentas e instituem horários escalonados para entrada, saída e refeições;
  • 88% realizam outras práticas para a prevenção da contaminação entre os trabalhadores e a comunidade.
  • 86% distribuem divulgam aos trabalhadores cartazes e vídeos de orientação do SindusCon-SP e do Seconci-SP;
  • 84% divulgam informativos eletrônicos sobre a Covid-19.

Os presidentes do SindusCon-SP e do Seconci-SP reafirmam o convite para mais empresas com obras no Estado de São Paulo participarem das próximas rodadas; basta enviar um e-mail para [email protected] e o Seconci-SP entrará em contato para incluir a construtora na enquete. As entidades garantem sigilo absoluto sobre as informações prestadas.

Veja os relatórios completos das rodadas da pesquisa:

Cinco últimas

36ª à 40ª

31ª à 35ª

25ª à 30ª

19ª à 24ª

13ª à 18ª

7ª à 12ª

Seis primeiras  

Essa matéria integra o Mapeamento de Boas Práticas em Responsabilidade Social no setor da construção durante a pandemia do coronavírus dentro do ‘Projeto Responsabilidade Social e a Valorização do Trabalhador’, realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em correalização com Serviço Social a Indústria (Sesi Nacional).

CRS Agenda

august, 2022

X