Logo da CBIC
15/04/2021

Seconci-SP desenvolve um trabalho relevante no combate à Covid-19

O Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP) tem desempenhado um papel extraordinário no combate à Covid-19. Graças a sua atuação foi possível manter sob controle a contaminação do coronavírus nas empresas e nos canteiros de obras do setor da construção paulista.

A entidade tem contribuído, inclusive, na distribuição de vacinas para todo o Estado de São Paulo.

A seguir, um resumo das principais ações que têm contribuído decisivamente para o setor atravessar esta crise:

  • Criação de um Fórum Permanente SindusCon-SP/Seconci-SP/Sintracon-SP, hoje ampliado com o apoio do Secovi-SP e da Abrainc.
  • Interlocução com os sindicatos laborais que levou à assinatura de aditivos às convenções coletivas de trabalho, para preservar a atividade da construção, o emprego e a saúde dos trabalhadores.
  • Divulgação sobre a doença e as medidas necessárias para sua prevenção nas obras, nos trajetos e nas residências dos trabalhadores: cartazes, folhetos, vídeos, cartilha eletrônica e mais de 400 reproduções de seus releases na mídia.
  • Orientações para as empresas reforçarem constantemente as medidas de prevenção.
  • Elaboração de protocolos sanitários para canteiros de obras, escritórios e reabertura das atividades imobiliárias.
  • Realização de pesquisa semanal para verificar a eficácia das medidas, junto a 49 empresas, responsáveis por 556 obras, envolvendo 36 mil empregos diretos e terceirizados.
  • Testemunha do compromisso do setor imobiliário de atendimento ao protocolo de reabertura de suas atividades no município de São Paulo.
  • Aplicação de mais de 14 mil testes rápidos em trabalhadores da construção, acompanhados de exames médicos para fechamento do diagnóstico e orientações aos pacientes dentro de uma abordagem humanizada, buscando dar conforto psicológico aos pacientes.
  • Criação do Programa SOS – Seconci-SP Obras com Segurança, que disponibilizou a contratação de auxiliares de enfermagem pelas obras, para medição de temperatura, orientações e acompanhamento dos afastamentos.
  • Criação do “Disque Coronavírus”, linha direta com os médicos do Seconci-SP para orientar os trabalhadores e tirar dúvidas.
  • Orientações aos técnicos de segurança do Senai-SP que atuam no Programa SindusCon-SP de Segurança, para a divulgação das medidas de prevenção da doença nas obras.
  • Mobilização dos sete hospitais e das dezenas de unidades da rede pública de saúde administrados pela Organização Social de Saúde Seconci-SP, para o acolhimento e o tratamento adequado dos pacientes de Covid-19.
  • Administração pela OSS Seconci-SP dos hospitais de campanha do Ibirapuera e de Heliópolis, este recentemente reaberto, salvando milhares de vidas.
  • Distribuição das vacinas Coronavac (Butantã) e Covishield (Astra/Zeneca) para todo o Estado de São Paulo, por meio do Ceadis – Centro Estadual de Armazenamento e Distribuição de Insumos de Saúde, administrado pela OSS Seconci-SP.

(Com informações do Seconci-SP)

Agenda CPRT