Logo da CBIC
16/09/2021

Inspeção do Trabalho lança Radar SIT de Acidentes do Trabalho

A partir de agora qualquer pessoa interessada pode pesquisar o número de acidentes de trabalho nos últimos sete anos, a atividade econômica com maior incidência, a distribuição geográfica de acidentes e trabalhadores, o perfil acidentário e as ocupações.A Subsecretaria de Inspeção do Trabalho lançou na quarta-feira (15/09), durante transmissão online da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho (CANPAT) 2021, um novo painel no RADAR SIT, com dados e estatísticas referentes a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais ocorridos no país.

Trata-se de importante ferramenta para prevenção de acidentes de trabalho, pois possibilitará que toda a sociedade, especialmente as representações de trabalhadores e empregadores, estudem a acidentalidade do setor, de modo a possibilitar a adoção de medidas de prevenção evitando a ocorrência de novos acidentes.

A nova função do RADAR SIT consolida dados das Comunicações de Acidente de Trabalho (CAT), sendo que, nesta primeira atualização, a ferramenta está carregada com dados de 01/01/ 2014 a 07/06/2021.

“A carga de dados é automática e as informações serão disponibilizadas conforme forem sendo inseridas na nossa base”, explica o auditor-fiscal do trabalho Jeronymo Marcondes Pinto, coordenador do projeto Radar SIT na Coordenação-Geral de Integração Fiscal, vinculada à Subsecretaria de Inspeção do Trabalho.

“O RADAR SIT é um novo conceito de divulgação de dados e, especificamente, o RADAR SIT de Acidentes de Trabalho vai ao encontro da CANPAT, que busca a participação de todas e todos. É nossa função divulgar dados para a sociedade, que passam a contar agora com mais informação para tomada de decisão e auxílio na prevenção de acidentes”, afirma o Auditor-Fiscal do Trabalho Romulo Machado e Silva, subsecretário de Inspeção do Trabalho.

Seções do RADAR SIT de Acidentes de Trabalho

O RADAR SIT de Acidentes de Trabalho disponibiliza os dados em cinco seções: evolução temporal, atividades econômicas, regiões (distribuição geográfica), perfil acidentário e Código Brasileiro de Ocupações (Grande Grupo, Subgrupo Principal ou Família).

“O Radar SIT de Acidentes de Trabalho traz transparência das informações, sendo uma ferramenta importante para subsidiar políticas públicas”, comenta o AFT José Carlos Scharmach, coordenador-geral de Integração Fiscal.

Em qualquer das seções acima, o cidadão também pode aplicar diversos filtros, como ocorrência de óbito, emissão de CAT, Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), Unidade Federativa – incluindo Região Intermediária ou Região Imediata, com mapa de calor distinguindo locais com mais acidentes, município, tipo de acidente (típico, trajeto, doença ou ignorado) ou duração do tratamento (menos ou mais do que 15 dias ou sem afastamento).

Também é possível aplicar filtros de situações que definem os acidentes, como agente causador, situação geradora, natureza da lesão e grupos da Classificação Internacional de Doenças (CID).

O RADAR SIT também possui outras abas sobre temas ligados à Inspeção do Trabalho, como Inclusão de Pessoas com Deficiência e Combate ao Trabalho Escravo, sendo uma ferramenta da SIT na internet que permite a visualização de informações e estatísticas referentes à Inspeção do Trabalho no Brasil.

A iniciativa integra a CAPANT 2021, realizada pela Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) do Ministério do Trabalho e Previdência Social, com apoio institucional da Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

Assista a íntegra do evento de lançamento no Canal do Youtube da Escola Nacional da Inspeção do Trabalho (ENIT).

(Com informações da Agência Brasil e da SIT)

Agenda CPRT