Logo da CBIC
28/08/2019

Seconci é a marca da responsabilidade social no setor da construção

Em 1964, a construção civil vivia um período de forte crescimento, com urbanização acelerada e expressivo número de trabalhadores nos canteiros de obras. Já naquela época, a saúde pública não tinha condições de atender a nova e enorme demanda do setor.

Para ter um serviço que cuidasse da saúde dos seus trabalhadores, empresários da construção civil de São Paulo se reuniram e decidiram, naquele ano, criar, dirigir e manter o primeiro Serviço Social da Indústria da Construção (Seconci) na cidade.

Apenas em 2018, os Seconcis realizaram mais de 380 mil consultas médicas, mais de 190 mil consultas odontológicas e mais de 1 milhão de exames médicos complementares, o que ajuda a amortizar a demanda pelos órgãos de governo e pelos hospitais nas localidades onde tem Seconci.

Em entrevista exclusiva ao CBIC Hoje+, para a série ´SST na Indústria da Construção’, da Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT) da CBIC, o presidente da Associação dos Seconcis, o Seconci Brasil, Antonio Carlos Salgueiro de Araujo, detalha o que é o serviço, seu objetivo e ações desenvolvidas.

Lembramos que as matérias, entrevistas e artigos que compõem o especial de SST da CBIC poderão ser acompanhados até o final deste mês de agosto em edições do CBIC Hoje+ e no site da entidade – nas áreas Agência de Notícias e CPRT/CBIC, no ícone Acervo – Série ‘SST na Indústria da Construção’.

Acompanhe a série e conheça as iniciativas que a construção civil e o mercado imobiliário vêm desenvolvendo ao logo dos anos para o bem-estar dos seus trabalhadores.

Conheça mais sobre os serviços prestados pelos Seconcis, no vídeo institucional do serviço social, e no site do Seconci Brasil

Confira, a seguir, a íntegra da entrevista.

 

CBIC Hoje+: O que é o Seconci e qual o seu objetivo?

Antonio Carlos Salgueiro de Araujo: O Seconci é a marca do serviço social da indústria da construção, que é uma associação civil, sem fins lucrativos, das empresas de construção. Seu objetivo é promover ações para a melhoria das condições de saúde e de vida dos seus trabalhadores.

C.H.+: Quando e como foi criado?

A.C.S.A.: O primeiro Seconci criado foi o de São Paulo, no ano de 1964, por iniciativa dos empresários da construção ligados ao Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP). Posteriormente, outros Sinduscons começaram a copiar o modelo e implantar em seus estados.

C.H.+: O Seconci é um plano de saúde?

A.C.S.A.: Não, o Seconci não se enquadra como plano de saúde. O Serviço é assistência social com ênfase em medicina ambulatorial e odontologia, voltada a um segmento específico, no caso a construção civil.

 

C.H.+: Que ações os Seconcis oferecem nas áreas de Saúde e Educação?

A.C.S.A.: No geral, os Seconcis oferecem atendimentos básicos em odontologia, consultas médico ambulatoriais e exames complementares básicos. Atendimentos em educação são voltados à Educação de Jovens e Adultos (EJA), inclusão digital e projetos educativos voltados à melhoria da qualidade de vida. Cada Seconci desenvolve ações voltadas às demandas regionais e conforme à sua capacidade econômica.

 

C.H.+: Além dos atendimentos de caráter assistencial, os Seconcis oferecem outros tipos de atendimentos? Quais?

A.C.S.A.: Os Seconcis também atuam na área ocupacional, desenvolvendo programas legais em saúde e segurança do trabalho, exames ocupacionais e treinamentos em segurança exigidos nas normas regulamentadoras.

C.H.+: Como os Seconcis são mantidos?

A.C.S.A.: Com a contribuição mensal das empresas de construção, em valor equivalente a um percentual da folha de pagamento. O percentual é estabelecido em convenção coletiva de trabalho e acordos coletivos celebrados entre os sindicatos patronais/empresas e sindicatos laborais.

C.H.+: Quem pode usufruir dos serviços prestados pelos Seconcis?

A.C.S.A.: Trabalhadores formalmente vinculados às empresas contribuintes/associadas.

 

C.H.+: Quantos Seconcis existem e onde estão localizados?

A.C.S.A.: Atualmente existem 15 Seconcis em operação, em oito estados e no Distrito Federal, totalizando 28 cidades, sendo:

  • São Paulo – São Paulo, ABC, Bauru, Campinas, Cubatão, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Praia Grande, Ribeirão Preto, Riviera, Santos, São José dos Campos e Sorocaba
  • Rio de Janeiro – Rio de Janeiro e Niterói
  • Minas Gerais – Belo Horizonte e Uberlândia
  • Espírito Santo – Vitória
  • Paraná – Curitiba, Londrina e Maringá
  • Santa Catarina – Florianópolis, Joinville e Blumenau
  • Goiás – Goiânia e Anápolis
  • Distrito Federal – Brasília
  • Amazonas – Manaus

C.H.+: Quantos atendimentos foram realizados no último ano?

A.C.S.A.: Em 2018 fechamos com os seguintes números:

  • Empresas Contribuintes – 7.943
  • Trabalhadores/usuários beneficiários – 363.137
  • Empregados dos Seconcis e Prestadores de serviço – 1.420
  • Empresas atendidas com PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) – 2.846
  • Empresas atendidas com PCMAT ou PPRA – 4.524
  • Trabalhadores cobertos pelo PCMSO – 133.714
  • Trabalhadores treinamentos diversos – 56.150
  • Consultas médicas – 388.138
  • Consultas odontológicas – 191.329
  • Exames médicos complementares – 1.170.859

 

C.H.+: Como é definida a política de atendimento dos Seconcis?

A.C.S.A.: Cada Seconci analisa as demandas locais e sua capacidade econômica para o atendimento, utilizando, por referência, o Manual de Funcionamento do Seconci, construído pelo Seconci Brasil a partir de experiências das entidades e exigências legais.

 

C.H.+: É possível afirmar que o Seconci é uma extensão da empresa de construção, que oferece serviços indispensáveis aos seus trabalhadores?

A.C.S.A.: De certa forma, o Seconci é uma extensão da empresa sim. Quanto aos serviços serem indispensáveis, grande parte dos trabalhadores tem, no Seconci, o único acesso a certos atendimentos como odontológicos, assistência social, fisioterapia, dentre outros.

C.H.+: Qual o papel do Seconci Brasil?

A.C.S.A.: O Seconci Brasil é a Associação dos Serviços Sociais da Indústria da Construção dos Estados do Brasil. Nossa missão é “representar e regular as atuações dos Seconcis, fomentar e orientar a implantação de novos Seconcis, informar e divulgar serviços prestados e desenvolver oportunidades por eles identificadas, disseminando as melhores práticas e o conhecimento disponível, auditando o funcionamento e coordenando ações sinérgicas entre os Seconcis, para garantir sua sustentabilidade legal e o benefício do desenvolvimento humano na construção civil”.

C.H.+: O que é o Ense?

A.C.S.A.: É o Encontro Nacional dos Seconcis que é promovido anualmente, com o propósito de promover a troca de experiências e boas práticas e a discussão de assuntos pertinentes às entidades.  O Ense é direcionado à administração das entidades e áreas técnicas de medicina, odontologia e engenharia de segurança. Em 2019, o ENSE será realizado nos dias 26 e 27 de setembro, em Brasília/DF.

COMPARTILHE!

Agenda CPRT

diciembre, 2019

dom

lun

mar

mie

jue

vie

sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No hay eventos

X