Logo da CBIC
26/08/2019

Indústria da Construção e Sesi se unem na prevenção de acidentes

A indústria da construção vem desenvolvendo inúmeras ações visando a melhoria das condições de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) nos canteiros de obras. Como resultado da crescente parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional), a Câmara Brasileira da Industria da Construção (CBIC) editou guia e manuais relacionados aos temas queda por trabalho em altura, choque elétrico e soterramento, que estão disponíveis e podem ser acessados para download no site da entidade, na área da Comissão de Políticas de Relações Trabalhistas (CPRT).

A série SST na Indústria da Construção’, da CPRT/CBIC, que tem apresentado ações desenvolvidas nacionalmente pela entidade e pelas empresas da construção civil na área de segurança e saúde no trabalho, destaca na edição de hoje iniciativas do setor para prevenção de acidentes, com foco na parceria entre a CBIC e o Sesi Nacional. Veja mais sobre o especial no site da entidade – Agência de Notícias e área da CPRT/CBIC, no ícone Acervo – Série – SST na Indústria da Construção.

Parceria oferece soluções construtivas para empresas e trabalhadores do setor

O Sesi Nacional oferta soluções específicas para indústria da construção na área de segurança e saúde no trabalho, como:

  • Acesso ao conhecimento, por meio de vídeos publicações técnicas
  • Metodologias para melhoria das condições de segurança dos canteiros de obra nas áreas de trabalho em altura, escavações e instalações elétricas
  • Assessoria e consultoria na implementação de programas legais e gestão de SST
Renata Rezio, especialista em Desenvolvimento Industrial, da Gerência de Segurança e Saúde no Trabalho da Unidade de Saúde e Segurança na Indústria (Sesi-DN). (Foto: Guilherme kardel)

“Com o objetivo de conjugar esforços no sentido de apoiar o setor no enfrentamento dos seus desafios, o Sesi conta com a parceria da CBIC na proposição de ações que contribuem para redução dos acidentes e doenças ocupacionais e, consequentemente, melhoraram a qualidade de vida do trabalhador e aumentam a produtividade e competitividade da indústria”, destaca a especialista em Desenvolvimento Industrial, Renata Rezio, da Gerência de Segurança e Saúde no Trabalho da Unidade de Saúde e Segurança na Indústria (Sesi-DN).

Orientações contribuem para a promoção da segurança e da saúde no trabalho

O Guia Prático para Cálculo de Linha de Vida e Restrição para a Indústria da Construção é destinado a orientar engenheiros de obras na realização do dimensionamento dos cálculos das linhas de vida e restrição para realização dos trabalhos em altura.

Haruo Ishikawa, líder de Saúde e Segurança do Trabalho da CBIC e presidente do Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP). (Foto: Guilherme Kardel)

“É uma ferramenta indispensável para oferecer segurança eficiente contra a queda de trabalhadores que estejam executando serviços na indústria da construção e requer desenvolvimento conforme a necessidade de cada obra”, destaca Haruo Ishikawa, líder de Saúde e Segurança do Trabalho da CBIC e presidente do Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP).

O guia atende a todos os portes de empresas, especialmente as de pequeno que, por limitações orçamentárias, acabam impossibilitadas de contratar profissionais que executam esses serviços.

O Manual de Segurança e Saúde no Trabalho para Instalações Elétricas na Indústria da Construção alerta que instalações elétricas temporárias necessárias para a execução de obras na indústria da construção não devem ser tratadas de forma negligente e não podem, por falta de gestão, transformar o temporário em precário.

Ressalta a importância de as empresas atentarem para isso e a cada ano incrementarem as ações voltadas à segurança do trabalhador nos canteiros de obra. Também com caráter orientativo, o manual visa contribuir e apoiar às empresas no processo de prevenção e redução de acidentes nos canteiros de obra e destaca a importância do cumprimento à Norma Regulamentadora nº 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade (NR 10), que determina as diretrizes dos trabalhos envolvendo eletricidade.

Já o Manual de Segurança e Saúde no Trabalho para Escavação na Indústria da Construção orienta sobre os riscos ligados às atividades de escavação. O objetivo é oferecer às empresas do setor da construção informações e ferramentas que possam apoiá-las no gerenciamento desse tipo de risco, diminuindo ocorrências indesejadas e afastamentos nos canteiros de obras. A partir de uma abordagem simples e didática, a publicação apresenta boas práticas que ajudam no cumprimento dos requisitos normativos e legais, bem como oferece orientações que auxiliam no dia a dia da gestão de SST.

Para Ishikawa, o maior problema em SST é a falta de conhecimento sobre as normas regulamentadoras e os procedimentos, porque elas falam o que fazer, mas não como fazer. Essa cultura de segurança no canteiro de obras precisa ser criada”, defende, destacando que esses guias são importantes para isso. “O setor precisa de literatura para minimizar o problema de segurança e saúde. Esses guias são ferramentas simples que facilitam bastante o conhecimento das normas”.

 

Para conhecer melhor as soluções Sesi, acesse a página de SST para Indústria da Construção no Portal da Indústria.

 

COMPARTILHE!

Agenda CPRT

diciembre, 2019

dom

lun

mar

mie

jue

vie

sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

No hay eventos

X