Logo da CBIC
29/08/2019

Indústria Imobiliária debate reforma tributária em São Paulo

Com a participação de representantes de 11 estados, a Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) se reuniu na quarta-feira (28/08), na sede do Secovi-SP, em São Paulo, tendo como um dos pontos altos a apresentação do advogado Ricardo Lacaz Martins sobre a reforma tributária.

Com a participação do presidente da CBIC, José Carlos Martins, e sob a coordenação do vice-presidente da área da Indústria Imobiliária da CBIC, Celso Petrucci, e quase 7 horas de duração, a reunião abordou assuntos de interesse do mercado imobiliário, como:

  • Crédito
  • Reforma tributária
  • Indicadores do mercado imobiliário
  • Mediação

Durante a reunião, houve detalhamento dos indicadores nacionais do Mercado imobiliário referentes ao 2º trimestre de 2019, divulgados em coletiva de imprensa na segunda-feira (26/08), no Secovi-SP. Petrucci mostrou que é possível perceber, a cada trimestre, o avanço do mercado em lançamentos e vendas, com a diminuição de estoque.

Destaca-se, no trimestre, o bom resultado em vendas, um aumento real de 10% no valor do imóvel, desde agosto de 2018.

A pesquisa apontou um importante componente econômico no resultado das vendas: as pessoas que compram imóveis para investir, normalmente comparam com outros ativos. Como a renda de aplicação caiu muito e o preço do imóvel começou a subir, voltou a ser um bom atrativo, principalmente para pessoas de alta renda, que estão voltando a investir no mercado imobiliário.

Indústria imobiliária debate Reforma tributária

Ao expor sobre o tema Reforma Tributária, o advogado Ricardo Lacaz Martins abordou os problemas do sistema atual e os objetivos da reforma.

Lacaz destacou os projetos que estão em discussão, apresentando os efeitos das PECs 45 e 110, em tramitação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, respectivamente, sobre setor imobiliário, esclarecendo que as duas propostas trazem aumento da carga tributária para as atividades do setor: incorporação, loteamento, corretagem, administração de bens próprios (locação) e construção.

Outro destaque foi a apresentação da Mediação, como um modelo de solução de conflitos, evitando que cheguem ao judiciário.

Foi demonstrado como a mediação tem sido uma grande auxiliar na diminuição de conflitos.

Todos os presentes ficaram muito interessados no assunto. O presidente da CBIC, José Carlos Martins, esclareceu que essa ferramenta pode agregar valor e ajudar as entidades.

Ao final da reunião, Marcos Mauro, presidente do Sinduscon-PR/Noroeste, reforçou o convite para última reunião do ano da CII, que será em Maringá, em novembro, quando será realizado o Congresso Nacional de Engenharia, Tecnologia e Inovação (CONECTi CBIC 2019) e também a 10ª edição do Prêmio Sinduscon.

Agenda CII

Agosto, 2022

X