Logo da CBIC
21/07/2022

CBIC apresenta oportunidades do mercado imobiliário a empresários do setor no Amazonas

Com uma agenda exclusiva para os empresários do setor da construção do Amazonas, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em parceria com a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-AM) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), realizou na quarta-feira (20), no hotel Adrianópolis, em Manaus, o evento Futuro e expectativas da construção civil e mercado imobiliário.

Apresentando o momento atual da indústria da construção em nível nacional e no estado, o presidente da CBIC, José Carlos Martins, destacou dados econômicos do setor com foco na evolução da variação do PIB da construção civil, que cresce há sete trimestres consecutivos no país.

Martins ressaltou que o mercado de trabalho formal da construção apresenta resultados positivos consecutivos. No Amazonas, de janeiro a maio de 2022, a construção é destaque na geração de novas vagas, com 23.494 trabalhadores.

No entanto, ressaltou que persiste a preocupação do setor com o aumento de custos da construção. “Há sete trimestres consecutivos o alto custo dos insumos é o principal problema da construção. Além disso, as taxas de juros elevadas e a falta ou o alto custo do trabalhador qualificado passaram a ser apontadas como dificuldades para o setor”, apontou.

A consultora da CBIC e integrante do Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (CCFGTS), Maria Henriqueta Arantes Ferreira Alves, informou sobre as oportunidades para produção habitacional social no país via Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) com recursos do FGTS, esclarecendo dúvidas dos presentes sobre os programas. Dentre eles: Pró-Moradia, Apoio à Produção, Pró-Cotista, Carta de Crédito Individual (CCI) e Carta de Crédito Associativo (CCA).

Destacou também as novidades do FGTS para 2022, como:

  • Fator populacional de 15% para 35%;
  • Carência de até 6 meses com pagamento de taxa de administração e juros;
  • Pausa em caso de inadimplência de até 6 meses;
  • Ampliação do prazo de contratação para até 35 anos inclusive em casos de renegociação;
  • Ampliação da capacidade de pagamento com a incorporação da cota de FGTS.

Já o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Carlos Valente, mencionou que a prefeitura de Manaus está aberta ao mercado e com planejamento de habitação para o centro de Manaus.

O encontro também contou com a presença dos presidentes das entidades locais Frank Souza (Sinduscon-AM) e Albano Maximo (Ademi-AM).

IFC incentiva a construção sustentável no Amazonas

Da esquerda para a direita: José Carlos Martins (presidente da CBIC),, David Almeida (prefeito de Manaus) e Carlos Pinto (gerente geral da IFC Brasil)

A agenda da CBIC na região Norte também contemplou participação no lançamento do Programa de Transformação do Mercado de Edifícios Verdes, realizado pela International Finance Corporation (IFC), do Grupo Banco Mundial, na prefeitura de Manaus.

Implantado há alguns anos na América Latina e Caribe (LAC), a iniciativa visa a melhoria das políticas públicas e do ambiente favorável para a criação de novos marcos e regulações normativas para as construções sustentáveis, apoiando os municípios através de assessoria técnica, de forma inteiramente gratuita, que compreende a capacitação de funcionários municipais no conhecimento sobre as construções sustentáveis.

Assim como incentivar os atores do mercado imobiliário a avaliar maneiras mais econômicas de incorporar recursos de construção verde e projetar construções sustentáveis.

Na ocasião, o prefeito de Manaus, David Almeida, salientou que as construções sustentáveis em Manaus vão agregar em relação à preservação do meio ambiente e da sustentabilidade.

Já o gerente-geral da IFC no Brasil, Carlos Leiria Pinto, ressaltou a importância da interação do setor público e privado, com um olhar para o futuro, que contemple construções sustentáveis.

O programa divulga a certificação EDGE, desenvolvida pela IFC e que ajuda os construtores a avaliarem as maneiras mais econômicas de incorporar recursos de construção verde em seus projetos. Os próximos lançamentos ocorrerão em Belém (PA) e em Porto Velho (RO). Confira!

CMA Agenda

october, 2022

X